DIA D – Cuscuzeiro!

O Dia D no Cuscuzeiro - Você vai ficar de fora?

O Dia D no Cuscuzeiro – Você vai ficar de fora?

Todo o Brasil está se reunindo e combinando para fazer uma verdadeira invasão nos picos de escalada espalhados por todo o Território. Aqui no Interior não é diferente, mas ao contrário de outros lugares como Minas Gerais, que pode ser considerada a verdadeira Espanha brasileira no que se refere a escaladas e mulheres bonitas,  nós aqui em São Paulo somos um pouco carentes de picos de escalada, e os poucos que temos as vezes sofrem com o famoso “crowd”, que é o excesso de gente num final de semana. Há alguns anos não era assim, mas com o aumento vertiginoso do número de praticantes (leia-se aumento da média de QI da população) que a escalada recebeu nos últimos anos, torna-se mister que mais áreas sejam desenvolvidas para desafogar as atuais! Enquanto isso não acontece, alguns picos vem recebendo impactos que outrora foram mínimos, mas que devido a esse crescimento, está se tornando mais evidente pelo aporte de pessoas no pico. Mas é um mal necessário e uma situação passageira e que logo a própria comunidade se moverá para solucioná-la.

Mas voltando a falar do DIA D, ele é um movimento que tem acontecido nos ultimos anos pelo Brasil afora e visa ser um evento de proporções nacionais acontecendo simultaneamente em todas as cidades/picos de escalada do Brasil. É um dia para levar quem nunca escalou pra rocha ou motivar aquel@ seu/sua amig@ que escalou uma época e depois parou. É um momento em que todo o Brasil para pra escalar juntos em prol da escalada, que para os praticantes, é muito mais que um esporte, é uma filosofia de vida.

DSCN8767

Traga muita disposição!

Aqui no Interior a Ana e o Rafa do Escaladaint tiveram a excelente iniciativa de promover o DIA “D” em Itaqueri. Como sabemos que ali é um lugar que normalmente já lota bastante, e tendo em vista o grande número de escaladores da região, nós do CUME promoveremos então uma invasão no Cuscuzeiro para dividir os escaladores entre os dois picos, não dar Crowd (ou amenizar) em ambos e fazer a invasão ainda mais presente.

Mas não para por aí. Temos planos maquiavélicos de aproveitar a mão de obra especializada que se avizinha ao morro e organizar um mutirão para realizar uma manutenção das trilhas do cuscuzeiro (que não é feita pelas agências que exploram comercialmente o morro) na parte da manhã, e na parte da tarde a Escalada vai rolar solta! Então quem quiser vir ajudar, será de muito bom grado! Quanto mais gente, mais rápido terminamos! Há muitos degraus para ser arrumados em muitos trechos da trilha, muitos atalhos para serem corrigidos, muitos calços para ser colocados e até mesmo um pouco de sinalização ali ta precisando em certos lugares. Então quarta feira será o DIA D! Vamos fazer a nossa parte pelo morro que tanto tem feito pela gente, e dar o exemplo! Venha, traga uma pazinha, uma pazona, uma marreta, uma serra circular, serra sabre, uma motosserra, uma retroescavadeira (Não, isso não!) e vamos dar aquele talento nas trilhas tanto norte quanto sul e os acessos! Não esqueçam de chapéu, protetor solar, água, e claro… os Equipos pq depois tem pedra para ser apertada! 🙂

Será dia 1° de Maio, o dia Todo!! Cheguem cedo!

DSCF5049

Aí uma foto do Beto na última manutenção feita na trilha.. época que ele era Cabeludo… forte.. parecia um touro!

E aí, quem vai?

 

PS – O Foda é que vai ter gente que vai pra Itaqueri só pra não ajudar né seus putos! hahaha Aí já to vendo o cusco vazio e Itaqueri lotado, ao contrário do que devia ser!! Vai da consciência de cada um!

Videozinhos de Praxe e projetos paralelos

Cataia, Atleta do SCPT na Espinhosa

Nossa!! Já fazem 20 dias que fiz o ultimo post! Pensava que tinha sido sei lá, uns 5 dias atrás! A verdade é que estou trabalhando pra caramba num projeto paralelo que ainda não posso divulgar publicamente (que os mais chegados já sabem o que é) e tenho escrito bastante por lá, o que provavelmente me tem sanado (ou seria: saciado) minha vontade de escrever e produzir conteúdo online. Enfim… Como sempre separei alguns videozinhos para vos alegrar a semana, e algumas fotenhas do climb do finde passado, quando eu voltei a escalar e fizemos uma sessão de fotos-insolação no platô do Bundão. O foda é que ultimamente ta foda selecionar BONS vídeos de climb. Eu explico: de cada 10 vídeos de escalada que saem na internet, 8 são de boulder, 6 são de rocklands, 1 da Suíca e 1 de Cocal, e aproximadamente metade desses 8 dão sono. Dos 2 que restam nem sempre são vídeos de qualidade que valem a pena ser assistidos, com aquele enredo, imagem em FullHD ou começo, meio e fim (sim, até um vídeo de um climb de 4mins precisa ter algum conteúdo – a era “escalada Brasil” de colocar o Nome da via, o cara escalando e subir os créditos quando ele a termina já era – embora as vezes alguns são muito simples assim, e muito bons) . Reflexões a parte, “empezamos!”:

Vídeo do Genial festival de escalada em Kalymnos, onde a galera tinha que ir escalando o máximo que desse, e “tickando” as vias numa lista… aí tinha prêmios… uma competição com estilo de festival, perfeito!

Vïdeo do J. Siegrist mandando a via Algorithm, a mais dificil daquele estado americano. Gosto muito da fotografia, do estilo de escalada e das vias do Siegrist, e vídeo dele é sinônimo de vídeo de qualidade!

Uma das minhas fãs, a Francesa Alizée Dufraisse escalando um 11a em Ceüse, na França. Vídeo de encher os olhos! A trilha sonora dispensa comentários de tão boa que se encaixou nos movimentos da Garota (QUE GAGOTAAAA!)

E se vc gostou do vídeo acima, apesar de eu já ter postado outro vídeo sobre ela uns 2 posts atrás, eis aqui um vídeo-biografia sobre ela feito pela Prana… Ahhh… valeu esperar minha atualização de vídeos depois desses dois últimos, diz aí? 8-P

E eis aí um vídeo de treino do Máquina Edu Marin, que estava voltando forte para os treinos. Sei lá, eu não o conhecia muito, mas ele me pareceu meio arrogante no vídeo. Normalmente a galera aparece nos vídeos falando que fez meio mundo de coisa, blz, mas ainda assim passa uma “sensação” meio de humildade… O Edu me passou uma imagem meio de: Sou foda pacaralho mesmo, e agora que eu fiquei de fora da final foi treta pq vc sabe que tinha tudo pra estar lá” hehehe sei lá, mas nunca ouvi ninguém falar mal dele, foi só uma impressão. Detalhe para o MEGAMASTERPLUS campus board dele com 30 ripas que tem que fazer de top!!! kkkkkkkk

[UPDATE] De acordo com nossa correspondente Madrilenha Marta, na verdade o que ocorreu foi um erro de interpretação multi-étnico-linguístico, pois para um nativo espanhol, as declarações do Edu foram humildes e nem de longe transparecem qualquer tipo de arrogância. Muitas culturas, estamos suscetíveis a várias interpretações! Foi mau aí Edu! É nóis 😉

Aí dois vídeos de 2 mecas do climb mundial pra vc ficar com água na boca, largar mão de trocar de celular a cada 6 meses e carro todo ano, juntar dinheiro e ir escalar na melhor região de escalada do mundo (Calma, a Januária em minas chega lá rapidinho!!!)  na espanha. O Primeiro: Rodellar, a mecca da escalada esportiva claro, com suas “Chorreiras” e negativões de 40 metros… E o segundo Margalef, onde reinam os monodedos, bidedos e tridedos… Sensacional!

E para terminar por hoje um vídeo do Água de Salsicha Gabriele Moroni, fazendo uma via bem foda na Itália… O destaque é para o nome da via: Happy Milf… Quem sabe o que é Milf vai entender hahahaha

Bem, e agora umas fotenhas do climb do finde passado:

Genja na Jungle-Man, Cuscuzeiro

Ives voltando à ativa depois de se ver livre de uma namorada que não escala… Aê dando bom exemplo! 🙂

Aê, enfim uma foto em que ele ficou bonito!

Urubu urubuzando no pinão colado do cume da visual

PORQUE SENHOOOOR??? ME DESTES UMA CHAPA TÃO LONGEEEE????

Cataia Xingando a empresa de rapel que joga pedra na cabeça de escalador…

Ives pagando uma de gatão na Pervas…

Genja fazendo a Via “Bundão” depois de anos.. 😉

Genja na Irmãos Lobo, nova via do lado direito da pervas (croqui 3 posts atrás)

E aí os 3 xibungos fugindo da insolação no Bambuzal: Genja, Cataia e Ives na direita.

E galera, uma última coisa!! Esse dia encontramos o CUME do cuscuzeiro COMPLETAMENTE PELADO. Os cadetes da AFA roçaram todo o CUME do cusco pra poder fazer seus treinamentos de rapel tático de ponta cabeça e pousos arriscados ali. Ficou parecendo um campo de golfe. Mas eles não fizeram nada demais pois não tiraram nenhuma árvore, só “RANCARAM” o MATO. Gente, o mato é muito importante na sucessão ecológica e faz sombra para outras espécies de arbustos médios brotarem e, uma vez crescidos, fazerem sombra para árvores maiores ou arbustos maiores, e estes sombra para árvores maiores. Sem contar que é o habitat de várias espécies de roedores, répteis (calanguinhos por ex.) e insetos; e nicho de algumas aves que fazem seus ninhos no meio dos pequenos arbustos. O Cume do cusco, segundo o Tonto (O Escalador mais ativo da região na década de 90) possuía uma mata fechada em seus primórdios, igual àquela da trilha, parte em que tem uma grande sombra. Foi após o famoso incêncio de 98 que o cume ficou rapado igual a Bruna Surfistinha. (puts, Key word bruna surfistinha vai me dar uns 50 pageviews a mais por dia hahahah se eu usar PELADA, de quatro, entre outras, imagina pra onde vai! hahahaha). Enfim, para fechar a discussão, o cume do cuscuzeiro é uma APP, Área de proteção permanente enquadrada na categoria: Topo de Morro, e portanto, não pode sofrer nenhum tipo de intervenção, e o roçado é caracterizado como desmatamento (Sem contar que é uma propriedade particular). Não obstante, o cuscuzeiro também faz parte da APA (Área de Proteção Ambiental) Corumbataí, segundo decreto de 18 de junho de 1982, o que obriga que qualquer intervenção em qualquer área dessa APA (que abrange todas as cuestas desde analândia até São Pedro, Descalvado, incluindo São Carlos, Itirapina e outras cidades do entorno) exija automaticamente licenciamento ambiental. E para terminar: Como todo respeito cadetes: Vocês são fodas pra caralho, todo mundo sabe que depois dos correios vocês são a instituição mais confiada do Brasil (Forças Armadas). Pra que abaixar a zona de conforto pra isso? Se é pra fazer treinamento, que seja no pior lugar possível pra pouso, cheio de mato mesmo, superfície irregular, para que continuem mantendo o padrão! Eu peço desculpa aos amigos da AFA que estavam no cume do cuscuzeiro aquele dia, não tive intenção com esse desabafo de ofender ninguém, apenas usar este espaço para tentar explicar o motivo de porque não se deve roçar o mato no cume do cuscuzeiro.

Quem quer jogar um golfe no Cusco no finde?

Bom galera, por hoje chega, ia colocar umas sugestões de música, mas fica pro próximo post. Inté!

A bruxa ta solta!

Calma! Essa foto é de 2008, quando eu enfiei a mão num ouriço do mar – e eu já não gostava de praia ANTES…

Faz mais ou menos um mês eu fiz um treino de finger. Já vinha fazendo algum tipo de treino nele, mas nada muito puxado, apenas algumas suspensões nas agarras maiores, e aproveitava e fazia puxadas abdomnais (Puxando o joelho no nariz e descendo devagar com as pernas o mais esticadas possivel) pendurado, o que pra mim era a parte mais importante e eficiente do treino, que se traduzia mais em escalada fluente. Até que um mês atrás resolvi avançar no treino, e fazer a suspensão no reglete intermediário. Na hora lógico não deu nada, mas depois de uns dias aquela dorzinha incômoda não ia embora e até começou a aumentar. Era hora de parar. E cá estou eu, já ha 21 dias sem escalar (Não digo sem por uma sapatilha no pé pq aqui em casa eu coloco a sapatilha de vez em quando só pelo tesão pra relembrar a sensação). E quem mais está nessa comigo são as minhas fãs: a Sasha digiulian que teve que abandonar o RockMaster e o Campeonato Mundial em Paris este mês. Ela até foi para a final no Arco Rock Master, mas achou melhor abandonar por causa da lesão. E a outra é a Alizeé Dufraisse que lesionou o punho. É, as lesões são coisas que podem afetar até os melhores atletas! (imagina os ruim que nem eu! kkk)

De maneira que meu outro site já está quase pronto, estou pedindo a uma seleta casta de amigos para entrar e avaliar o layout e as funcionalidades, e logo logo teremos uma bela novidade no ar! Mas por enquanto vou colocando a seleção de vídeos do Genja, assim o blog vai cumprindo sua função social no meio escaladorístico: Mantendo atualizados e fornencendo assunto para as conversas desse bando de escalador que se o mundo está acabando não fica sabendo pq só lê notícia de escalada. (ah, e só pra esclarecer, quando eu escrever Cacrinsh ou cacrin$h, é o sinônimo da onomatopéia para aquele barulho de caixa registradora, sinalizando que algum dinheiro entrou em caixa).

Bem, e como não estou escalando essas semanas, vou postar o primeiro vídeo de um outro esporte, não estou certo se são os 50 ou 100m rasos (nem qual o nome deste esporte, vulgo: corrida hehe), porque não só de escalada vive o homem, é preciso variar de vez em quando! Video dedicado especialmente para o xibungo mais xibungo de itirapina, Bruno Marcondes, esse é em sua homenagem:

E agora sim, indo para os vídeos de escalada, começamos com o mais legal na minha opinião: Um estilo leve e gostoso de assistir (ainda que seja só o trailer) mas ficou muito original e divertido. Um casal que escala ônzimo grau (sim, ela também), sai de rolê pela Itália (a cantar ê ê A-há quando acabar o maluco sou eu) escalando e fazendo um vídeo muito bem animado, fica a dica casais!

E o segundo vídeo é um si ne qua non da semana, o mais comentado, twitado, faceado, shareado e viado (de view), com vocês, os dois mais populares das search engines do google: Adam Ondra e Chris Sharma (só de escrever o nome deles aqui o google ad-words já me pagaria uns R$50 hehehe – se eu tivesse) num teaser do próximo filme da Big Up productions, que ultimamente tem demorado mais pra lançar seus filmes, mas também, quando lança são blockbusters absurdos, com milhares de seeds no uTorrent! kkkkkk Ah, o vídeo é uma “pseudocompetiçãozinha” obviamente armada pela produtora de filmes pra ver quem manda primeiro um projeto e compara os estilos de ambos:  cheio de Cri-cris e gritaria do Adam Vs. o estilo Zen e os inconfundíveis “gritinhos do Chris Sharma”. O Chris Sharma perto do Adam ondra Parece eu perto do Guilherme: Um Maldito gordo hahahaha Enfim, vídeo!

A moda agora é conquistar vias novas. E como toda moda tem seus prós e contras. Ao mesmo tempo que aumenta o numero de vias pra gente subir, tambem estatisticamente falando pode aumentar o numero de vias estragadas, que ninguem vai querer subir depois (como é o caso da…) . Por isso é muito importante conquistar com parcimônia. Neste vídeo, aparece o escalador Italiano Matteo (e sua namorada Giuliana) que por acaso hoje, depois de eu ter assistido seu vídeo, mandou seu primeiro 11c aos 37 anos, a via Abyss, na França, em gorges du loup – via aberta por alex Chabot em 2006 com a primeira repetiçao do Bindhammer no ano seguinte. Bem, retomando, ele diz que curte um pico calmo, sem crowd, e que muita gente o desconcentra na hora de escalar, por isso ele mora numa província desconhecida da Itália, e equipa ele mesmo as vias. O Bom disso é que ele equipa as vias pensando na mulher dele, por isso o equipamento deve ser feito minuciosamente, e não deve sair por aí colocando bolt onde ele “achar que deve” (só na mulher dele que pode). Assim as vias ficam seguras pra ela equipar e todo mundo fica contente!

E já que o assunto é novas vias, vai outro video de abertura de vias, desta vez do “Petzl RockTrip”  da North Face, que vai acontecer em Kalymnos. Agora ta na modinha as companhias imitarem o que a Petzl vem fazendo ha mais de 10 anos: Equipar um setor inteiro novo e chamar a galera pra curtir um festival. A idéia é ótima e tem que ser copiada mesmo, mas nem todas têm tido o mesmo êxito, como é o caso da Salewa, que colocou em seu site um videozinho tosco mostrando os “salewa” rocktrips de anos anteriores, MUUUITO PAIA… hahaha Talvez eles devessem me contratar como consultor técnico de organização RockTrips ehehehe Estou aguardando sua proposta hein Salewa! Bom, voltando, novamente, ao foco: O Italiano equipando um setor novo em Kalymnos para o “Kalymnos Climbing Festival” e falando que tem de quartos a décimos, pra todos os gostos e que é pra todo mundo chegar junto e escalar na moral. Em Italiano, claro.

Prometo que agora ponho o último vídeo de conquista de vias. Esse é um tapa com luva de pelica nos conquistadores que tem medinho de usar Cliff. O Chris Sharma (ad-words: CACRIN$HHH!! Vou instalar essa porra!) conquista uma via em CEUSE na frança (la no pico onde ele mandou a Biographie/Realization 10 anos atrás e virou o fenômeno que é) só que essa conquista é debaixo pra cima, com a furadeira a tiracolo, e ele vai escalando em livre, fica no cliff e fura onde ele acha que precisa de bolt. Detalhe, a via é no minimo um ônzimo grau! É caliza de calidad eu sei (calcário), mas tem arenito bom que também dá pra ficar no cliff (e até em arenito não bom, se vc tiver com a sua costura da sorte que sua vó benzeu, no rack da cadeirinha).  Enfim, Com vc’s Chris Sharma e seu capacete de tartaruga ninja! ( É tão feio – o capacete, não o Chris Sharma (cacrin$h!) – que as pedras em queda livre vão desviar em meio a sua trajetória pra não pegar nele – até nisso a Petzl vem inovando).

O próximo é um daqueles vídeos-feedback do atleta que é patrocinado e fica um tempo sem aparecer na midia, aí faz um video desses pra ganhar moral com o patrocinador de novo hehehe Na verdade é especulação, mas como eu não tinha ouvido falar dessa mina NUNCA, então, sei lá hehehe Pode ser atleta nova patrocinada tbm, vai saber…

E agora um nacional: A chamada para o Encontro de Escalada Tradicional do Brejo da Madre (que parió a la araña de los cojones) de Diossss… Muito bem editado, e com filmagem em HD, fica dificil o vídeo nao ficar bom, mas confesso que mesmo com fullHD eu tenho as manha de estragar uma filmagem! hahaha (aguardem o The Sanstone Series episódio IV – a new hope, e o Sancapression Team: Adventure Tales).

E sobre a charada, a Isabella adivinhou no Churrasco, e a do Guilherme com Beta a Olivia e mais alguém do sexo feminino também descobriu! No próximo post eu mando a resposta!

Boa procrastinação txurminha!

A Quebra da Barreira da Ilusão

Estive ausente, eu sei… Mas gente, finalmente eu consegui resolver os problemas que estavam me assombrando com a elaboração do site… e aproveitei a semana passada pra por a mão na massa… Normalmente eu não consigo fazer duas coisas ao mesmo tempo. (tipo trabalhar e escalar sabe? hehe). Por isso mesmo to postando hoje, pq daqui a pouco vou continuar os 12 trabalhos de Hércules no site e aí só vou sair pra comer e pra treinar… Enfim.. a pauta de hoje é a seguinte:

– Vídeos

– Fotos de Igatu parte 2

– Notícias do climb do finde…

– Fotos da Chapas da Xeque mate

– Radio 4climb

Não necessariamente nessa ordem…

Então vou começar pelas fotos da Xeque-Mate, uma via que conquistei com o Frango em 2009 mas que depois daquele ano nunca mais ficou seca. Provavelmente acertamos algum(ns) cano dentro do cuscuzeiro pois a água escorre o ano todo dos bolts da via, e de algumas agarras. Aparentemente apenas a primeira e terceira estavam ficando enferrujadas, mas ao tira-las, vi que a quarta chapa estava um terror, pior que os pino P da via do Alemão no bloco do Urubu, no Rio: Completamente enferrujada. Realmente, foi melhor ter tirado e inutilizado a via.

A chapa debaixo é a quarta, as outras duas zuadas eram a primeira e a terceira da via

A parte que encosta na rocha da maioria tinha sinais de ferrugem, algumas bem leve, outras, deplorável

Detalhe da 4° chapa completamente imprestável

Bom, tudo bem, uma via a menos, mas o número de vias no cuscuzeiro continua o mesmo. Isso porque no sábado passado com o Ives abri a “A Quebra da Barreira da Ilusão” na face Oeste. Situada entre o teto da pervas e a caminho vermelho, aproveita a primeira chapa desta e logo toca verticalmente pra cima (já que a Caminho vermelho é uma travessia pra direita no positivão). Ainda não havia mencionado-a pois queria ir lá e pelo menos escala-la guiando. Voltei com o Beto este último sábado e ele ficou impressionado. Diz ele que pode ser um nono, talvez décimo, eu creio que não passe de 8c. O Beto tirou os moves do crux do jeito que eu tinha visualizado quando grampeei, mas não conseguiu isolar o último move de pegar no agarrão da cadena. Eu entrei nela também e consegui ir mais além do que eu tinha ido no dia que havia conquistado, tendo parado praticamente no mesmo move em que o beto parou. É um 7c até esse trecho, depois tem esse lance que vai dar o grau da via, e depois vai mais 4 chapas em 5sup até o cume. Quem entrar nela, lembre do nome da via na hora do crux… hahahaha  Ah! E o detalhe mais importante: Escalável apenas até o meio dia (no inverno). Depois de 12:15 começa a bater sol na via e aí maluco… os mano pira (no câncer de pele) com o sol na lomba… Pelo menos até umas 4 ou 5 da tarde fica foda, principalmente pro seg que ta parado. Haja mag!

Em primeira mão um croquizinho rápido do setor, que o Ives e eu apelidamos de “Setor Xamânico” por causa do nome das 4 vias que abrimos aqui nos últimos 2 anos..(a 2 e a 3 com a ajuda do Ruffino!). Creio que essas vias merecem mais acessos e por isso não aguentei esperar o croqui oficial e lancei esse feito rapidinho…

Detalhe para a Isa no positivão da Caminho Vermelho, 6°

Bom, e isso encerra um tópico da Pauta de hoje (e ja tava bom pra encerrar o post tbm né?). Na verdade queria fazer um comentário sobre a quebra da barreira da ilusão… Esse final de semana mandei a via “Acuzada” em Itaqueri, meu primeiro 8c (que logo logo vão decotar pra 8b, ja to até vendo) e senti a barreira do nono grau como nunca havia sentido antes. Falta muito chão ainda, eu sei, muitos fundamentos a se melhorar, mas acredito que com um bom trabalho de “base” isso não será uma meta tão impossível. O nono grau deixa de ser uma ilusão. Recentemente eu coloquei uma meta para mim de entrar em algumas pendências e resolvê-las. Algumas que ha muito haviam sido deixadas de lado, outras nem tanto. Me dediquei aos treinamentos duas vezes por semana, um dia na cda de resistencia, outro na garagem de casa pra apertar a muerte uns regletes no negativo, e sinto que tudo isso está vingando. Fico muito feliz com isso, mesmo após tantos percalços, e só queria que meus trutas que estão na luta aí também pelo seu primeiro sétimo, primeiro oitavo, primeiro nono, enfim…pra voltar a escalar de fim de semana, que continuem se dedicando e não desistam. Não achem que suas metas estão muito longes. Coloquem metas plausíveis, e nada de mimimi na hora de “Não treinar”. Agradeço também à Nutella e ao café por terem propiciado treinos muito mais legais e manterem o tomelirrolímetro em alta. Próxima Pauta!

Rádio 4climb, a rádio da cadena!

Como revendedor 4climb sempre recebo promoções, sugestões de temas e material para divulgação aqui no Blog. Algumas coisas não me da tempo de colocar, outras eu realmente não acho necessário colocar, pois um merchân gratuito assim de repente vem a estragar este blog, que é tão politicamente incorreto, e de repente se ve fazendo propaganda. Mas recentemente tem uma piada interna que ja virou bordão entre a galera, que é a rádio 4climb, a rádio da cadena! Me pus a ouvi-la outro dia, e, fora esses bordões que acabam sendo engraçados de se imitar no pico depois, a qualidade sonora é ótima e não tem propaganda! Uma programação que se vende sozinha. Eu explico: imagina você ouvir uma rádio que não toca pagode, nem axé, nem sertanejo, nem lady gaga nem nada dessas merda pop. Vc liga cedo e ta tocando Janis Joplin. De tarde reggae. De noite musica dos filmes de escalada. É da hora, e o melhor: Sem “A HORA DO BRASIL” (PAN PAN PANPANPAN PAN PAN PAN…… – Não, não é a marcha imperial, seu xibungo, é uma onomatopéia de “O GUARANI”, a musica que da inicio à hora do Brasil). Olha o release que eu recebi e faço questao de divulgar sem rabo preso:

Aproveite a nossa programação especial:

06:00 – 10:00 / DUB

Neste horário preparamos um verdadeiro artesanato musical e ideal para começar a sua manhã. O Dub surgiu na Jamaica no final da década de 60.

10:00 – 15:00 / ROCK’N ROLL

Aqui você escuta os melhores hits para poder agitar o seu dia. Você vai curtir desde Rolling Stones, The Doors, Metalica, AC DC, Led Zeppelin, U2 e muito mais!

15:00 – 18:00 / REGGAE

Bob Marley foi o principal representante da história do Reggae, que é um ritmo dançante e suave, viva esse ritmo legalize!

18:00 – 19:00 / CLIMB MUSIC

Fique por dentro das melhores músicas que rolam nos vídeos de climb. São músicas que mexem com o espirito de escalador. O som da cadena!

19:00 – 22:00 / ROCK’N ROLL

Aqui você escuta os melhores hits para poder agitar o seu dia. Você vai curtir desde Rolling Stones, The Doors, Metalica, AC DC, Led Zeppelin, U2 e muito mais!

22:00 – 06:00 / ELETRÔNICO

Nada melhor que uma música com ritmo constante e com batidas fortes, curta esse ritmo nas madrugadas com muita vibe!

Está esperando o que? Entre na Rádio 4climb e se ligue no melhor da música!

Guilherme Reeves e Beto no centro de Igatu… minha cama do primeiro dia..

Próxima pauta de hoje? Ok, todo mundo querendo ver as fotos da Bahia, vamos lá seus xibungos! Eu to é ansioso pra falar do vídeo do Sean Mcoll, mas blz, como diria o Dexter, vamos por partes hahaha

GH de oliveira inspirado nas fotografagens… Musa inspiradora, 8a

O mano, não ta funcionando essa parada aqui, num to enxergando nada!

Se na Bahia chovesse, era essa via que a gente ia vir escalar…. Beto na Meu nome é tchau, 7b…

GhdeOliveira na Movimento desumano, 7a.. venga!

Bruno na LP, homenagem ao ídolo dele…

Maga do céu! 7b com cara de 8a hehehe mas pode ser apenas 7c… crássica do berruga! Pra quem ta acostumado com a cave é 6sup essa via…

João do Banhetão mandando tuto!

Beto no projeto de 7b que é 7c/8a no labirints…

Eu escalando com graça e suavidade na Musa Inspiradora… quando a gente entra inspirado pra cadena, coisas incríveis acontecem!

Gh todo combinante, tem um estilista tão bom quanto seu cabeleireiro!

João do banhetão na Tio Gia, e Bruno posando..

Beto na Perfil de Amiga, que vai emendar na Meu nome é tchau… “Trincadjinho”!

E chega de fotos por hoje, que o post ta ficando muito longo e ja vai ter gente falando que eu sou sem noção. Mas veja! Eu quase não escrevi nada! São as fotos! Acho que vou deixar os vídeos para o próximo post né? Chega por enquanto… aproveitem! Até o próximo post!

Juízo!