Como eu me sinto quando… Edição Especial de Natal!

Se você for a dona dessa foto, favor enviar créditos da foto para eu publicar aqui! (junto com seu telefone e estado civil, grato!)

Se você for a dona dessa foto, favor enviar créditos da foto para eu publicar aqui! (junto com seu telefone e estado civil, grato!)

Pois é, todo mundo a-do-rou os posts do “Como eu me sinto Quando” versão escalada. Por isso, agora no Natal preparei mais um post para tirar pelo menos um sorrisinho de canto de boca de vocês!

Chegando com a galera pra escalar no primeiro dia da Trip em Arcos ou no Cipó

Chegando com a galera pra escalar no primeiro dia da Trip em Arcos ou no Cipó

Quando eu chego no pico 9 horas da manhã e tem alguém super animado pra começar a escalar naquele instante

Quando eu chego no pico 9 horas da manhã e tem alguém super animado pra começar a escalar naquele instante

Tomo um café pra dar aquele UP antes de entrar numa via...

Tomo um café pra dar aquele UP antes de entrar numa via…

Quando eu to almoçando a única maçã q eu levei pra escalar e alguém abre uma paçoquinha/gordice qualquer do meu lado.

Quando eu to almoçando a única maçã q eu levei pra escalar e alguém abre uma paçoquinha/gordice qualquer do meu lado.

As outras pessoas quando o Cleber Harrison faz uma Piada à la Genja

As outras pessoas quando o Cleber Harrison faz uma Piada à la Genja

Eu quando o Cleber Harrison faz uma Piada à la Genja

Eu quando o Cleber Harrison faz uma Piada à la Genja

Quando eu começo a correr pra treinar pro Cipó

Quando eu começo a correr pra treinar pro Cipó

E continuo correndo...

E continuo correndo…

Quando um grupo de mulheres que manda oitavo grau pergunta se pode escalar com a gente

Quando um grupo de mulheres que manda oitavo grau pergunta se pode escalar com a gente

Quando eu resolvo fazer treino de finger na volta do supermercado...

Quando eu resolvo fazer treino de finger na volta do supermercado…

Quando alguém diz: Mandei a via! com duas quedas mas mandei!

Quando alguém diz: Mandei a via! com duas quedas mas mandei!

Quando não consigo tirar o nó 8 da corda depois de ficar tomando mil vacas no meu projeto

Quando não consigo tirar o nó 8 da corda depois de ficar tomando mil vacas no meu projeto

Quando eu vou vejo os preços de equipos de escalada fora da Quero Escalar...

Quando eu vou vejo os preços de equipos de escalada fora da Quero Escalar…

Quando não tem parceria pra ir escalar no domingo.

Quando não tem parceria pra ir escalar no domingo.

Quando tem um cara escalando com meia velha (sem elástico) preta e de Miura.

Quando tem um cara escalando de Miura com meia esgarçada (sem elástico) preta.

Quando um brother me oferece pra equipar uma via com as costuras e corda dele novinhas...

Quando alguém me oferece as suas costuras e corda novinhas pra equipar uma via pra el@…

Quando vejo alguém escalando uma via esportiva de 10m de top rope e no rack da cadeirinha tem: 15m de cordim, garrafa de água, bota, anorak, freio, mosquetões, parada, friends, maquina fotográfica, kit de primeiro socorros.....

Quando escalo uma via e percebo que está mau protegida porque foi aberta de cima pra baixo no rapel sem ter sido escalada antes.

Quando vejo alguém fazendo presepada no pico de escalada...

Quando vejo alguém fazendo presepada* no pico de escalada… (dando seg errada, escalando com a fivela da cadeirinha aberta, escrevendo na rocha, etc..)

Quando alguém quebra a agarra do Crux da via que eu to malhando...

Quando alguém quebra a agarra do Crux da via que eu to malhando…

Informo a pessoa que ela vai guiar a via...

Informo a pessoa que ela vai guiar a via…

Quando alguém fala que aquele projeto de 8b da sua vida não passa de um 7c duro

Quando alguém fala que aquele projeto de 8b da sua vida não passa de um 7c duro

Quando alguém da minha altura pergunta se eu posso dar beta de uma via, que por acaso eu acabei de mandar

Quando alguém da minha altura pergunta se eu posso dar beta de uma via, que por acaso eu acabei de mandar

Alguém fala que rapel é mais legal que escalada... depois vem querer tentar me agradar...

Alguém fala que rapel é mais legal que escalada… depois vem querer tentar me agradar…

Alguém começa a fazer piada machista ou homofóbica perto de mim..

Alguém começa a fazer piada machista ou homofóbica perto de mim..

Último dia de escalada da viagem...

Último dia de escalada da viagem…

Como eu imagino que vai ser a vaca..

Como eu imagino que vai ser a vaca..

Como eu devo encarar a vaca...

Como eu devo encarar a vaca…

Como acaba sendo a vaca...

Como acaba sendo a vaca…

Faço um post no Blog e vou dormir ou tenho que sair na sequência...

Faço um post no Blog e vou dormir ou tenho que sair na sequência…

Se você gostou pode relembrar os primeiros dois posts sobre isso clicando Aqui e Aqui.

Bem, por hoje é isso pessoal! Quem curtiu comenta, quem sabe não faço outro post desse naipe em breve? Feliz clichês de fim de ano pra todo mundo! Tudo aquilo pra vc´s!

Continuando eu me sinto como…

Como eu me sinto quando...

Como eu me sinto quando… Episódio 2

Todo mundo adorou os Gifs, então, vamos aos que faltavam.

Como eu me sinto Quando:

Alguém acaba de trocar as pilhas da Headlamp e vem falar alguma coisa na roda antes de começar a descer a trilha do Cuscuzeiro a noite:

headlamp no fim do dia de climb

Quando eu descubro que esqueci a Headlamp e vou ter que descer a trilha no escuro:

saquinho de mag em casa

Quando alguém pergunta se quero equipar a Watch me no Cuscuzeiro (uma via com crux depois da última chapa,  no final de um belo esticão):

quero entrar numa via mau equipada

Quando alguém insiste pra eu entrar numa via que eu não to afim:

convencer entrar numa via nao quero

Quando eu chego na rocha pra escalar depois de ter feito treino de quedas:

faço treino de quedas

Quando uma pessoa sedentária (e provavelmente, mas não necessariamente, muito acima do peso) pergunta como que ela faz pra começar a escalar:

gordinho pergunta se tem jeito pra escalarQuando eu levo uma pessoa pra escalar pela primeira vez e ela fala que o rapel ou o baldinho foi a parte mais legal:

mandou a via. uma quedaQuando me perguntam qual a diferença entre escalada e rapel: (Ou quando vejo gente dando seg errada)

conhecido cagada no picoA cara que as pessoas fazem quando eu aviso que elas têm escalado o dia inteiro com a fivela da cadeirinha  aberta:

fivela da cadeirinha

Quando eu chego no setor e todo mundo ta dando seg errada:

giphy

Quando alguém fala que uma agarra numa via “não vale”:uma agarra nao valeQuando alguém me pergunta o nome certo da via e o grau francês pra por no 8a.nu

via a vista 8anuQuando eu vejo gente dizendo que preço alto no Brasil é culpa só de imposto:

preconceito na escaladaE pra encerrar com chave de ouro: Quando me perguntam quando é que chegam as coisas da Edelrid…

perguntam quando chegam as coisas edelridÉ isso aí pessoas! Talvez faça mais um post essa semana porque tem uns vídeos legais saindo esses dias! Até lá, abs!

 

Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.

Me perdoe. Te Amo. Sou Grato. Te liberto.

Me perdoe. Te Amo. Sou Grato. Te liberto.

Tive um final de semana maravilhoso. No sábado pude ir para o Cuscuzeiro com o Beto e o Gui tirar as últimas fotos que estavam faltando para o Croqui do Cuscuzeiro. Fizemos seção de fotos na Fly or Die, na Sunday, Visual e Paredão. Mas o que pôde tornar o finde tão especial foi a possibilidade que meus melhores amigos me deram de compartilhar com eles uma experiência tão única e transcedental quanto um ritual xamânico. Eram a peça que faltava na corrente de energia para que eu pudesse encontrar em mim mesmo coisas que vinha buscando havia meses. Foi um ritual muito especial no sábado a noite. Foi um presente de natal antecipado, e gostaria de dividir com vocês um ensinamento muito simples porém que faz toda a diferença no nosso dia-a-dia e nas nossas relações com todas as pessoas que nos cercam. É o chamado Ho’oponopono. 

É uma prática na qual paramos de guardar coisas do passado e de culpar as pessoas pelos nossos problemas ou pelo que quer que seja. Liberamos as pessoas deste fardo, e ao fazer isso estamos nos livrando daquelas cobranças que ficam se repetindo em nossa mente várias e várias vezes. Quando nos vemos livre desses pensamentos, ou nos desapegamos de coisas do passado, é que finalmente podemos alcançar a paz interior. (e como ela é interior, só olhando para dentro é possível encontrá-la). Ainda, de acordo com o site hooponopono Brasil:  Ser 100% responsável é um caminho de pedras, por ser o intelecto tão insistente. Quando nos ocorre um problema o intelecto sempre busca alguém ou alguma coisa para culpar. Insistimos em procurar fora de nós a origem dos nossos problemas. (…) ”Estamos aqui somente para trazer Paz para nossa própria vida, e se trazemos a Paz para nossa vida tudo em nossa volta descobre seu próprio lugar, seu ritmo e Paz.”.

Ainda passei o domingo com essas pessoas tão especiais pra mim, e, apesar de termos ido ao cuscuzeiro e feito algumas filmagens pra eptv (e o beto ter dado entrevista), não deu pra escalar por causa da chuva. Conectados e viciados uns nos outros como estamos, ainda arrumamos o “system wall” (placa de madeirite 22º inclinada com agarras para treinamento) da Júlia enquanto fazíamos uns pães de alho e queijos coalhos (porque depois de sábado quase ninguém tava na vibe de comer carne praticamente – ainda que tenha rolado um bifinho ou outro para os que não tinham participado do ritual sábado). Foi mágico, espero que continue sendo. E que as pessoas que estão passando por uma fase conturbada possam se desapegar das coisas do passado e percebam que são os únicos responsáveis por suas lástimas e desequilíbrios. Justamente por colocar n@ outr@ suas expectativas, culpas e anseios, acabam não olhando para dentro, não se perdoam e não encontram seu Eu-divino (chamem como quiser, não é necessário acreditar que exista um Deus para que esse desapego funcione, basta apenas vontade de querer sair de uma situação estagnada que não está fazendo bem – nem pra pessoa e muito menos para aqueles ao seu redor). Deixar de ser egoísta e parar de colocar a culpa dos seus problemas em outras pessoas. Olhar para dentro. Fazer o bem a si mesmo que só assim as pessoas irão se reaproximar. Repita sempre: Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato. Te liberto. Para as pessoas ao seu redor, e para você mesmo.

E pra não falar que não falei de flores escalada, segue duas galerias de fotos do Cuscuzeiro que fizemos sábado. Primeiro o Beto e o Gui na Fly or Die, o primeiro 7a do cuscuzeiro:

E depois o Beto no Paredão fazendo as duas partes numa cordada só até o cume, também 7a.

Muito bem senhores. Por hoje é só, mas essa semana prometo mais um post pra compensar a ausência de postagens semana passada.

Namastê. (O eu que há em mim saúda o eu que há em você)

Altos e Baixos

Quando eu repetir foto me avisem!

Quando eu repetir foto me avisem!

Acho que na escalada não tem um trocadilho mais óbvio que esse título, mas a bem da verdade é que se eu parar pra pensar acho que consigo achar outros. Você entenderá tudo, keep reading. Ultimamente tenho tido dias super corridos! Tenho trabalhado muito, ao ponto de ter que pisar o pé no freio e deliberadamente procurar coisas pra fazer no meu tempo livre só pra não ficar no computador mais tempo. É claro que eu já faço isso automaticamente, mas como eu não to podendo treinar tanto quanto eu gostaria, também  tento não usar o computador no meu tempo “Livre”. Primeiro porque se eu sento aqui num sabado de manhã antes de ir escalar ou num domingo de madrugada pra ler notícias, quando eu vejo estou respondendo emails de clientes, comprando ou vendendo alguma coisa ou dando manutenção no site da Quero Escalar. E aí se contar essas horas vou ultrapassar as 40 horas de trabalho semanais facilmente. Bem, por isso, (mas não só por isso) as postagens rarearam ultimamente (mas tem muito conteúdo acumulando-se!). E pra piorar o Filipe Carelli do “A outra Esquerda” também ta viajando, e logo, o outro fanfarrão do blog de lá não tem mantido-lhes suficientemente entretidos.

Semana passada foi uma semana polêmica, com muitas noticias pipocando. Pra quem não sabe, o Tito Traversa, um italianinho de 12 anos que ja havia mandado vários 10c’s (8b+fr) morreu. É, morreu. Se escafedeu. (Ele morreu ele morreu ele morreu Lombardi!! Lará laráa laráa….). E agora tem uma nova moda nos picos de escalada que é sair conferindo as “Borrachinhas” das costuras de todo mundo. Coisa que eu já fazia antes mas por pura curiosidade de conhecer o equipo alheio, não por ser alheio mas por ser diferente, agora com uma bela desculpa. Pra quem não entendeu nada, a causa mortis do guri foi ter caído no chão depois de chegar no final de uma via de 17m. Clipou a última, deve ter falado (ou não) pro Seg: “Blz to na sua retesa!” e aí veio “estourando” uma por uma as costuras até ele se esborrachar no chão. Mas como? Ao que tudo indica, depois de extensa leitura em vários topicos pela net, da pra se chegar à conclusão de que a mãe de uma amiguinha da mesma idade dele arrumou as costuras da filha. Ela, não manjando PORRA nenhuma de escalada cometeu um erro inocente, e os responsáveis na hora não conferiram as costuras. O erro? Passou a FITA da costura pela borrachinha que a mantém no lugar, e a borrachinha pelo mosquetão dando a impressão de que a fita estava presa ao mesmo. Foda. Fica a dica, e fica o aprendizado. Com certeza esse acidente salvou a vida de uma GALEEERA que nem sabia que a borrachinha não aguentava 2 toneladas (ela aguenta tipo umas gramas apenas, é o mesmo que um elastiquinho de dinheiro). E agora todo mundo vai ficar esperto com os equipos alheios (espero). Foda!

Esse aí é o vilão, porém, montado do jeito CERTO

Esse aí é o vilão, porém, montado do jeito CERTO

Vi todos os blogs copiando e reproduzindo a foto (abaixo) da costura, mas quase nenhum site falou sobre o String (detalhe técnico referente ao acidente), então resolvi colocar um pouco de informação extra, que nunca é demais. Dê uma olhada no “PETZL EXPERIENCE” com as fotos de “MODUS ERRANDI” de usar seu string (a borrachinha chama String). Ah, e antes que vc pense: “…Nunca mais vou usar essa porra”…, não seja bobo. Ela é muito útil, e sua presença pode lhe garantir mais segurança do que prejudica-la, uma vez que garante agilidade nas clipadas, mantem o mosquetão no lugar e protege a fita bem no mosquetão de arestas cortantes. É só ficar esperto e praticar o seu uso correto.

Costura no modus operandi ERRADO igual ao do acidente

Costura no modus operandi ERRADO igual ao do acidente

O String serve pra manter o mosquetão orientado na posição correta.

O String serve pra manter o mosquetão orientado na posição correta.

Independente do tipo, cuidado pois sozinho ele não faz nada!

Independente do tipo, cuidado pois sozinho ele não faz nada!

Esse é dificil de visualizar, fique esperto e confira sempre!!

Esse é dificil de visualizar, fique esperto e confira sempre!!

Porquê não se deve utilizar dois Strings numa costura

Porquê não se deve utilizar dois Strings numa costura

A Petzl também recomenda que não se use String em Fitas longas. Eu uso mesmo assim, mas fico BEEEM esperto pois sei que isso pode acontecer!

A Petzl também recomenda que não se use String em Fitas longas. Eu uso mesmo assim, mas fico BEEEM esperto pois sei que isso pode acontecer!(você sabia?)

Bem, e chega de falar disso. E como ja foi um baixo, vamos falar de um alto agora. Semana passada BOMBOU na internet as fotos do Chris Sharma e da Daila Ojeda num ensaio fotográfico Desnudos (y borachos). Eles fizeram as fotos para uma série de fotos pra ESPN americana mostrando os corpos de atletas famosos como jogadores de basquete e snowboardistas. Foi com certeza o ponto alto da semana para os escaladores, que não precisaram lixar seus calos antes de ir treinar durante toda a semana. Fica aqui o link para o ensaio completo, e deixo um teaser… ;P Mas não vai esperando muito não que é só uma fotinho de cada e mais uma com os dois juntos.

Vc acha que eu não ia falar sobre isso aqui no Blog?

Vc acha que eu não ia falar sobre isso aqui no Blog?

E agora vamos para outro ponto baixo da semana passada, que foi a Polêmica da corda Rompida na Pedra do Elefante em Andradas. Você viu?! Eu como revendedor seria muito féla se não falasse nada a respeito! Vamos aos fatos:

Corda Beal Yuji 10mm

Corda Beal Yuji 10mm

Primeiro sobre a corda: É uma Yuji, de 10mm da marca BEAL. Segundo o fabricante, é uma corda com menos capa que as outras, e logo, “mais Eco-friendly” (minha rola). A Beal diz que ela é para todos os usos, só fiquem espertos que a durabilidade é menor que as outras, principalmente abrasão e sujeira. Dito isso, muitos sites internacionais a classificam como uma corda pra “Ginásio”. Mas não pro Ginásio comprar e deixar lá pra milhares de pessoas moerem-na diariamente. É para vc que treina na academia 1 ou 2x por semana ter a sua de meia com seu parça, escalar, guiar, cair, moer e trocar depois de um tempo. Uma corda barata e comoda pra se voar, porém, num ambiente controlado de academia, que nao tem problema de arestas, quinas nem nada.

Aí veio um brother do GEEU com uma dessa que ele comprou na gringa, e desce um parceiro dele de Baldinho numa virada de teto num dos granitos mais lazarentos que eu já vi, o de Andradas. Não bastasse o simples correr da corda pra baixo e atritar natural com a virada do teto entre a corda e o granito, tal virada era diagonal, e alem do movimento para baixo em Y, também rolou um pouco de movimento para o lado, em X. E a corda ficou igual a da foto (é a da foto na verdade). O que sucedeu foi que ele entrou em contato com a Beal e a Beal meio que tirou o corpo fora: “..Só damos garantia contra defeitos de fabricação!”… O dono da corda ainda alegou que ja tinha feito isso ali com outra corda (descer de baldinho). Só que foi justamente com uma das cordas mais duráveis, caras, e melhores que existem: uma Sterling. Aí fica dificil comparar!

Moral da História: Agora tão fazendo umas cordinhas mais “suaves” e baratas, (Tipo a negresco que custa a mesma coisa que antes mas tem a metade do diâmetro), só que com qualidade menor. Pros Calcáreos franceses deve ser lindo mesmo, é quase uma pedra sabão, mas pros granitões cheio de cristaizinhos fdp’s de Andradas realmente é de se preocupar. De qualquer maneira serviu ao mesmo propósito do caso Tito Traversa: Agora ja ta todo mundo ligado que essa corda não é uma Sterling e que se for comprar tem que usar direito e não pode abusar muito! Eu particularmente não teria problema em ter e usar uma, principalmente pq é melhor ter uma dessa do que não ter nenhuma, e muitas vezes o preço é um fator limitante na escolha da compra de uma corda. No brasil não são 20, 30, 50 reais de diferença, as vezes são 300, 400 reais de custo brasil a mais pela outra. E aí fica dificil competir com mercado paralelo! Ainda mais pro escalador esporádico que vai pro setor 2,5 de Itaqueri a cada 2 meses, essa corda tá boa demais! 😉

Sabe o que o Alex Megos fez quando mandou o primeiro 11c a vista? Tirou uma ONDRA! huauhahuauha

Sabe o que o Alex Megos fez quando mandou o primeiro 11c a vista? Tirou uma ONDRA! huauhahuauha

Ponto alto: Adam ondra manda seu primeiro 11c a vista (9a Fr). Ninguém falou nada! kkkkk Coitado, só pq ele tava lá no intento, aí veio um muleque (que deve ter surtado com as fotos da Daila – ou do Chris Sharma – No ten nada demás!) chamado Alex Megos e manda primeiro que ele o primeiro 9a da história. Mas não tira o mérito. Mesmo pq o Adam ondra tinha mandado uns 15 11b a vista e decotado uns 4 ou 5 11c’s pra 11a ou 11b! E dessa vez ele falou que é 9a mesmo, não o mais dificil, mas ainda assim 9a. E deve ser mesmo pq já não tem a pressão de mandar pq não vai ser o primeiro mesmo.

E como no final de semana teremos presenças Ilustres em Itaqueri, conheça mais o Raphael Nishimura: um dos escaladores mais badalados do momento:

E Por hoje chega, porque eu sei que se pusesse muita coisa ninguém ia ler mesmo! hahaha

 

Dando o ar da graça…

Sessão de fotos no Cusco "uns dia pa trás aí"

Sessão de fotos no Cusco “uns dia pa trás aí”

Eu percebi que apesar de eu continuar a postar coisas no blog com uma certa frequência mesmo estando lesionado, não tem a mesma graça nem o faço com o mesmo entusiasmo. Na verdade a inspiração vem à lá Chico Xavier e eu vou escreveeendo, escreveeendo.. e beleza! Mas parece que quando eu tenho coisas a contar é mais legal. Eu venho correndo contar as coisas que aconteceram no finde! E veja que eu nem mencionei que era pra contar as cadenas alucinantes do finde (nossa, quanto tempo que eu nem sei o que é isso Snif Sniff… 😦  ) mas só de compartilhar como foi agradável ter passado momentos num ambiente natural, usando os equipamentos que eu amo tanto em companhia dos amigos, dando risada… Mas enfim, a música não para e o show tem que continuar não é mesmo?! Então Vamos lá. Algumas semanas atrás aproveitei o vagaroso regresso e fiz sessão de fotos com meus modelos favoritos: Mimimoto Shimoto, Bia e Guilherme. Tava vendo no Face da Bia só tem foto minha, e pude reparar que eu também só tiro foto dela, acho que se tivesse um ranking de fotografados acho que ela estaria em primeiro tipo com quase 10 sessões de foto parado em base de via tirando foto só dela! Na frente da Marta e até mesmo do Beto, Mas veja! Confira comigo no replay, como ficaram algumas das fotos na Manga com Leite no Cuscuzeiro:

Começando com ela, a melhor e mais forte escaladora Botucatuense!

Gabriela "Bia" Pedroso de Alcântara e Albuquerque Ponce de Leon Berenice de Oliveira

Gabriela “Bia” Pedroso de Alcântara e Albuquerque Ponce de Leon Berenice de Oliveira

E na sequência com o Garoto prodígio que mandou a Caixa de Pandora mais rápido com menos de 10 intentos:

Guilherme prestes a sair do chão

Guilherme prestes a sair do chão

E no final mas não por último, ele que por ter descendencia japonesa curte boulder pra ficar mais a vontade com as medidas de baixo comprimento.. O melhor e mais forte escalador residente na cidade de Araraquara:

Shimotenho na manga com leitxiii

Shimotenho na manga com leitxiii

E depois ainda fomos pra Distúrbios de Jah que desde o meio de Abril já está escalável (leia-se: parou de chover). Vou colocar todas numa galeria só pq se não fica mta coisa, ceis tão ligado né?

Tem Deus do outro lado extendendo a mão pra ele, mas não saiu no enquadramento.. (ia estourar o branco)

Tem Deus do outro lado extendendo a mão pra ele, mas não saiu no enquadramento.. (ia estourar o branco)

 

E é isso galerinha, apesar dos milhares de vídeos acumulados interessantissimos, deleita-los-ei apenas com essas pinturas por hoje!

Ah! Antes que eu me esqueça, a zueira é infinita e não pode parar né?! hahaha da um “fraga” nestas pinturas… 😉

Obra de arte do Pintor Michelangelo: Obra só teria sido concluida contanto que os corpos dos homens nus estivessem "se tocando"

Obra de arte do Pintor Michelangelo: Obra só teria sido concluida contanto que os corpos dos homens nus estivessem “se tocando”

Deus, me dê um costurão pra eu passar por esse lance da via....

Deus, me dê um costurão pra eu passar por esse lance da via….

Finalmente Notícias de Cadenas Locais!

Hadou-kennnn!!! Rá! Defendí!

O Feriado de finados serviu pra enterrar muitos projetos pendentes. Dei um Jedi na galera (Esses não são os Droids que estamos procurando) e convenci todos a irem pra invernada. A verdade é que não foi nada dificil pois fazia tempo que não íamos lá, todos tinhamos projetos pendentes, tinha chovido de noite e lá não molha E + uma coisa: Prometi equipar a SEXO, SANGUE, SUOR, LÁGRIMAS E GRITARIA pra geral dar um pega pois era meu projeto. É a última via que eu abri na invernada em 2010 com a Júlia Mara e nunca mais tinha voltado lá pra tentar depois que equipei. É uma via mista, de 30m (Isso mesmo, via de 30m!!) negativa de agarrão: um 7c. Ou seja, o Jedi foi só pra fazer piada pq tava todo mundo na pegada, além é claro, de querer variar um pouco o itinerário cusco-itaquerense. Fomos o Cataia e eu, e na sequência chegou o Bonde muito louco Daniel (The Flying DutchMan) e o casal Isabeto. Logo menos chegou o Rafa de descalvado, o mais novo membro do Sanca Pression Team. Depois de (pra variar) aquecer na Caixa de Fósforo  (CdF) me equipei e já cheguei chegando ali na base da “Sexo” (ou SSSLeG). E aí todo mundo tirou a senha e foi aquecendo na CdF também.  Subi pra equipar sem compromisso. Ao mesmo tempo, com a proximidade do RocTrip da PETZL, achei uma decisão salutar estrear as minhas Scarpas Instinct L e Instinct S que estavam na Redoma havia meses pois vai que eu não me habituo, me aperta, me folga, enfim, qualquer besteirinha lá na Patagônia é foda de resolver. Ao mesmo tempo, estreei meu nonagésimo sétimo saquinho de Magnésio. Eu sou meio “FRIKI” (freak) retardado mesmo pra algumas coisas, e acho que depois de 8 anos escalando eu ainda não achei meu saquinho definitivo. Mas essa semana chegou uma leva de SuperBags da 4climb e eu realmente fiquei surpreso com a qualidade dos sacos de Magnésio. Sem sombra de dúvidas é o MELHOR saco de mag do Mercado Brasileiro. Enfim, vou fazer um post-review só dedicado a ele, porque realmente tive que trocar meu importado por ele. O Daniel também estreou sua Feroce nova (Da Scarpa também) que tinha chegado segunda feira.

Nem combina, cê acha?!

Enfim: Outro motivo de eu ter querido estrear a sapata é porque a SSSLeG é uma via de 30m com algumas passagens em positivo entre os negativos, e com um descansão que vc tem que ficar em pé, então uma sapatilha muito apertada (Minha La Sportiva Venom) mói demais o pé da gente. Essa Scarpa eu tinha comprado prum Brother, é um número maior que o que eu uso, mas ele não quis, e eu  me apaixonei por elaestou começando a rever minha política de sapatilhas 18 números menor que meu pé pois depois que vc aprende a usar a sapatilha, ela não precisa estar tão moendo assim (ou pelo menos por enquanto está parecendo). Não na casa dos sétimos e oitavos graus. Bom, no fim das contas fui com a Instinct izliper (é assim né Cataia?) um pouco mais apertada mesmo pois ela eu já conhecia bem la de Rodellar (é praticamente a minha segunda dessas, longa história). Ela é tipo ítem mágico de RPG que quando vc a envoca vc ganha +4 de percepção (para ver mais pézinhos) e +2 de Destreza. Com ela no pé subi equipando a SSSLeG meio que sem compromisso para tirar os moves: passei o primeiro crux de 7b, passei o positivo, e antes da parte em móvel (eu falei que ela tem uma parte em móvel?) achei um descanso de asa de galinha dentro de um buraco bem interessante.

Eu no comecinho da “Sexo, Sangue, Suor, Lágrimas e Gritaria”, 7c

Entrei na parte em móvel e logo já coloquei um TCU 1.25 (equivalente ao Camalot #.5) que ficou supermegabomba e comecei a batalha mental contra a voada. São lances de agarrão, mas é negativo e vc precisa trabalhar bem um pé na direita da fenda e o outro meio de contra diedrando bem alto na esquerda, entao vc acaba ficando meio deitado. Dei meia lua pra frente e soco forte 3x e chamei Exu e Xangô no Grito e consegui chegar no descansão sem mãos do platô, de onde um Camalot #,75 protege a entrada no próximo lance.

Genja (vulgo eu) terminando o primeiro cruxzinho da via (SSSLeG) ao fundo. Rafa de laranja entrando na Caixa

Depois desse descanso são mais duas chapas e um camalot #3 ou #3,5 ou Estico até a base. Sem embaçar muito, abusei dos drop-knees que havia ensaiado semana passada com o Shimoto, costurei uma, costurei duas, dei outro gritinho do Chris Sharma desta vez no último Crux da via e peguei no “agarrão da cadena” que nem é tão agarrão assim, nem é da cadena pq ainda tem o estico até a base, que eu acabei protegendo com o Camalot #3,5. Sensacional!!!! Tive a oportunidade de fazer a primeira repetição da via desde que ela foi aberta. O Beto tinha mandado o FA enquanto eu tava na Espanha.

Sim, é tudo agarrão mesmo. Em 30m de via tem 2 regletes importantes apenas!

Acabei mandando a via equipando, nem esperava, já estava com a meta cumprida, mas já que estávamos ali, bora escala mais malucada!! O Cataia acabou entrando depois, e o Daniel também, porém ambos bombados preferiram não arriscar tomar uma voada nos friends por mais que eu tivesse garantido que tavam bomba. O Beto ainda foi lá e fez a segunda repetição (O viado já tinha feito o FA)

Daniel Holandês na Sexo e Cataia na CdF – depois eles trocaram

Beto entrando na parte móvel da SSSLeG

Mas antes o Beto tava com seu projeto de ânus sendo malhado: Colômbia 8b. Via curta: 3 chapas e base, uma das mais clássicas da Invernada. Ele tava sempre pagando o crux, pegando no “copinho”  e perdendo a cadena por ficar mil anos ajeitando pés. Demos o Beta: MANOOOOOOOO prum cara que faz “teraband” e exercicios pros antagonistas com corda dinâmica como se fosse tripa de mico, tá na hora de vc abusar um pouco. Ele ficava com o braço dobrado se fudendo. Simplifique: faça no monté logo com os braços esticados. Dito e feito, foi lá e mandou!!! Ainda tentou tocar na Narcotráfico mas aí já era o 3° ou 4° pega, nem tinha mais braço pra isso… Só sei que eu fiz a alegria do Holandês pois caí no mesmo copinho da colômbia que o Beto vinha caindo, porém não sei que jeito, ninguem soube explicar, vim giroletando de ponta cabeça, que nem uma hélice de helicóptero num plano não paralelo com nenhum outro conhecido. Fiquei a 20cm do chao. O Holandês foi ao delírio com mais um voador além dele! hahahaha Depois entrei e remandei a via pela primeira vez depois que tinha encadenado.

E aí Daniel, gostou da vuada do Genja? ÊÊÊÊÊEEE!!! Da horaaa!!!! \o/

E aí foi hora da sessão Roling Cones: outra que fazia tanto tempo que não entrava que nem ta mais no meu 8a.nu. Acho que o Pilates foi lindo!!! Mandei o crux com uma solidez ímpar! E aí a galera começou a sessão espanco:

Cataia fazendo o crux do jeito dos anões…

E isa fazendo idênticamente ao Cataia o mesmo move…. malditos anões! hehehhe

VOANDOOOOOO!! =)

Ainda tava com o Tomelirrolímetro a milhão, aproveitei que tinha mais quase 2h de sol (Ahhhhh o horário de verão, seu lindo!! s2 ) peguei minhas costuras, friends mais que decorados e fui na Barranco, pois era projeto do Rafa de Descalvado que mora em Sanca (puts, agora precisamos dar um apelido pra ele pra não confundir com Rafana nem ficar falando toda hora que é o de Descalvado). Mas aproveitei o tomelirrolímetro em “MUITO alta” e toquei a segunda parte, que da um 7c. Puts, a saída pra segunda parte tem uns pezinhos delicados que MANO!! A Instinct de cadarço confortável 1 número maior que a outra mandou mooooito bem! Esse Vibran II é realmente OTO PRANETA em termos de aderência!! Sem contar shape e precisão da sapata né… mas enfim. Acabei parando no último move lá em cima e não mandando desta vez, tava moído, mas é uma via muito boa e sempre gosto de entrar nela! O Cataia também mandou a primeira parte da via, no Flash! TA FoÓOORTE hein neném!??! hehehe Ele também já tinha mandado a CdF no segundo pega! Isso pq o viado ta em época de entrega de TCC e não ta treinando. Imagina se estivesse. :/ Aí o Rafa entrou e depois de 3 idas à invernada e malhos constantes mandou!! Muito bem garoto, me mata de orgulho!!

Rafa parecendo o He-man na Barranco… kkkk Não zoa não pq finalmente ele mandou! 😀

Ói a Forga do Rafa na Caixa enquanto eu to espumando de fazer força ali na SSSLeG! hahaha

Essa foto do Beto ficou bem da hora na Sexo…

Última fotenha das que eu tinha escolhido: Entrando na parde móvel da SSSLeG

E é isso galerinha! O dia na Invernada foi REPETACULÊ com muito Crimb e Cadenas, e estréias também!  Fico aguardando as fotos da txurminha que também fez várias pra decorarmos o Feicibuki e fazer a alegria da blogagem generalizada 🙂

Amanhã não escalaremos pois vamos começar a mexer na Caixa D’água pra montar as vias do Campeonato Caipira! A galerinha daqui tá foóoorte hein neném! Vai treinando daí pra poder concorrer aos melhores prêmios de terceiro lugar! hahahaha

Finalmente um Vídeo de escalada Decente!

Na dúvida entre a Maja ou a natalija Gros? Essa é a Maja Vidmar…

Semana passada eu reclamei que não aparecia ví deos de escalada decentes na internet fazia tempo. Era só boulder boulder boulder, rocklands rocklands e mais rocklands. De repente hoje me aparece um video sensacional meio no estilo amador mas que rende muitas emoções pra quem assiste. Com característica Trad, não cai no lugar comum do xiitismo sobre chapas Vs. Bolts, apenas retrada as escaladas e conta as histórias dos precursores da escalada nas regiões mencionadas. Filme com alma, e ótima fotografia.

Outro assunto para ser discutido na pauta de hoje do blog são meus posts e-n-o-r-m-e-s… a galera andou pedindo posts menores… o que você acha?

E é isso pessoal, em breve algumas fotos do feriado de quem ficou em Sanca. Rolou altos climbs na invernada e quase insolação em itaqueri! 😉   Inté!