E os vídeos Brasileiros de escalada estão cada vez melhores…

Nas últimas duas semanas parece que houve um número anormal de vídeos bons de escalada pipocando pela internet afora. Muito vídeo gringo da hora, muitos vídeos brazucas que não ficam devendo nada para os gringos. Daí a gente vê que, de um lado a galera aprendeu a fazer vídeos, do outro, aprendeu a colocar neles todo o mistério e a magia daquela escalada, que é fundamental para dar “alma” a um vídeo, que, por melhor que seja, se não tiver alma, parece que fica meio vazio. Vou colocar aqui os melhores vídeos selecionados, começando com a categoria Internacional, e deixando o melhor para o final:

Começando com o lugar de onde saem os agarrões, e de lá se espalham pelas falésias do resto do mundo. (leia-se: a maior concentração de agarrões por metro quadrado de parede da face da terra). Isso mesmo, Kalymnos: O paraíso mor das chorreras e negativos de agarrão. De todos os graus.

Quem lembra daquele cara que tava numa fenda tremelicando, deixando cair várias peças, mosquetões, e cada vez que mudava a câmera ele tava com uma sapatilha diferente? Pois bem, veio esse outro e mostrou como é que se faz:

Já esse aqui é mais uma da linha “novelinha” da Arc’teryx. O cara escalando horrores, mas ao contrario da outra novelinha do J. Siegrist que sai de furgoneta pelos EUA, esse aí é de um Weekend warrior, daqueles que só escalam de finde porque tem que trabalhar. Muito legal também!

E falando em weekend warrior, aí o anti-WW número 1, o cara que mais vive de escalada no mundo, falando sobre treinos, e provavelmente sobre sua recém-inaugurada academia de escalada nos EUA.

E para variar um pouco, dois vídeos de boulder, de um dos caras mais tribol (daquele que tem tres bolas) do mundo. Forte, técnico e feio, poderia tranquilamente ter saído de uma partida de rugby.  Vos apresento aquele não tem medo de morrer por descender do Clã Macleod, com vocês, Dave Macleod (também o escritor de um dos melhores livros sobre treinamento em escalada: 9 entre cada 10 escaladores cometem os mesmos errros, previamente citado aqui no blog).

E só para polemizar: mais um vídeo dele, contradizendo a premissa de que só pode haver um:

Finalizando, um nono grau em móvel muito legal, num pico muito bonito que até então eu não conheço muito:

E chega dessa gringaiada, bora pros filmes brazucas que estão de arrebentar a boca do balão:

Começando com o Brasileiro de boulder no Rio, durante a Semana de Montanhismo, pela produtora “Foca no climb”, versão “Sério”, ou normal:

Não obstante, se vc pensa que outro vídeo cobrindo o mesmo evento seria mais do mesmo, não se engane. Com um outro enfoque, este vídeo é mais no estilo fanfarronices por trás dos bastidores do evento. Daria tudo pra ver um desse na final do Arco Rock master, com o sei lá, Timmy O’neil fazendo trocadilhos com o Ramonet, a Sasha digiulian ou ou Killian fischuber. Eu acho que ia ficar todo mundo com cara de tacho ahahaha

E se você gosta de vídeos comédia, então dá um fraga nesse, com o escalador JASON ANDRADA dando sua opinião sobre o pico..

Agora dois vídeos de Araxá, muito bem editados, o de escalada simples porém suficiente para mostrar a rocha, o pico e dar água na boca de ir lá tentar as vias.

E para mostrar que não devem nada pra ninguém, este segundo de boulder, também muito bem feito, até quem não gosta de boulder se sente fisgado pelo escalador malhando a via… muito bom!

Eu não lembro onde eu li ou ouvi em alguma entrevista, que o escalador tem que ter seus equipamentos como meros meios para atingir seus objetivos, e não objetivos em si (tipo aquele cara que começa a escalar, começa a mandar bem, aí compra cadeirinha e sapatilha, passa a se achar e escalador e para de escalar, pois na sua cabecinha ter equipo o define como escalador – e não o ato de escalar em si – e aí ele se acomoda e para. Troféu jóinha pra ele! Eu confesso que gosto tanto de escalar quanto dos meus equipos, todo mundo sabe que mesmo que estejamos com 40 costuras indo escalar, eu ainda assim levarei as minhas 12, fazendo 52, porque eu adoro escalar com elas. Sem contar as sapatilhas, cadeirinha… enfim, um verdadeiro caso de transtorno obsessivo compulsivo  amor e devoção. Por isso, me enchem os olhos os vídeos que falam sobre essas pequenas peças de nosso dia-a-dia escaladorístico. Confira este vídeo da DMM, explicando fatores importantes a se considerar na hora de comprar seus mosquetões.

*Não perca em breve, a série “Sandstone Series”…  AGUARDE

Oficina de Escalada do CUME + Destination NE

Essa pessoa fez a última oficina do CUME, e olha onde ela foi parar!

Buenas a tod@s! Vem por meio deste dizer que não estou mais na sodomia, na descaração na senvergonice e na sacanagem divulgar a Oficina de Escalada Esportiva do CUME! Vai ser dias 13, 14 e 15 de abril! Sexta a noite (13): Parte teórica, 4 horas. Sábado e domingo (14 e 15) das 9 às 13 e das 14 às 18: Parte prática. Será dado o enfoque para aqueles que estão começando, frequentando as monitorias há algum tempo e querem aprimorar as técnicas, reciclar-se e/ou ter os contatos iniciais. Noções básicas sobre equipamentos, diferenças, finalidades, uso. Nós, encordamento, dar segurança para quem esta escalando, armando uma parada Maradona equalizada, escalada em top rope e guiada, e limpando uma via através do rapel e do baldinho, entre outros tópicos pertinentes. O valor da Oficina é R$80,00!! Uma pechincha! Restam poucas vagas! Envie um email para a Isabella, tesoureira do CUME: bdenzin arroba gmail ponto com e faça já sua inscrição!

Aproveitem que agora tem o Blog do CUME! www.blogdocume.wordpress.com  Entrem lá e favoritem-se nos feeds para saber quando tem atualizations!

E vou aproveitar a fazer um merchan gratuito de um point Brasileiro que ta BOM-BAN-DO! Nordeste galera! (ok, o Nordeste é maior que a europa) mas vou dar destaque para a galera do Ceará e da Bahia. Começando pelo portal http://www.descedaidoido.com.br que é um dos sites brasileiros de escalada (e não montanhismo, né Alê Silva?) com muitos vídeos, noticias e muito ativo, incluindo a sua vertente no FEICE. Daí que a gente fica sabendo de muito pico A-NI-MAL que tem nessas bandas do Além-Sudeste… ta certo que a galerinha de minas tem feito muita coisa, pessoal ali do Rio na região de Macaé, Rio das ostras ta abrindo bastante coisa também, mas isso era o mínimo que poderíamos esperar, por serem locais com muita tradição na escalada. Agora, o trampo que a galera tem dado, em picos como Itatim ou Tejuçuoca, entre muitos outros, é coisa gringa!! Confira o que eu estou falando, e vejam se essa borboleta no rego não é coisa de OTO praneta! Ah, Pra você Raul, olho no lance no minuto 7:48s

E depois tem esse aí que também é bem da hora:

Fala que a próxima RockTrip não é pra esses picos?

E tem essa fendona que já ta ficando famosa, mas não estou certo onde é:

E sem contar esse, que apesar de muito difundido, não sinto que é tão praticado assim (ainda) o psicobloc… mas vale a pena assistir!

É isso! Galerinha do Nordeste equipando forte as vias, no estilo Dani Andrada de ser: Não abrindo uma via nova sempre, mas um pico novo sempre! (Ah, merece menção honrosa a txurminha do Naoki que também ta com a metranca a milhão ali no Espírito Santo, o último reduto Sudestino hehehehe)

E para finalizar o post, coloco um videozinho do Master TNF no Chile, com o show Brazuca nas finais, junto com o Senhor Simpatia, Yuji Hirayama, que agora tem uma corda da BEAL com seu nome, assim como a Edlinger.

(UPDATE) => E tem mais esse que saiu agora do forno, fresquinho!!

E falando em Yuji, um video dele escalando no quintal de casa. Não estranha não que a primeira escalada é de um deficiente visual (porque teve gente que veio me perguntar porque ele escalava tão estranho)..

E ta bom por hoje né! Não esqueça! Faça sua Inscrição na Oficina de Escalada do CUME que as vagas são limitadas!!

cume@yahoogrupos.com.br

blogdocume.wordpress.com

Juízo!