Videos de Criança

Essa é a Mãe da Brooke Raboutou!

Essa é a Mãe da Brooke Raboutou!

Eu preciso começar agradecendo aos coleguinhas que comentam no blog. É tão legal! 8-P Valeu galera, comentem sempre que é mó da hora ver a repercussão do que eu escrevo! Tipo, eu vou escrever sempre, mas com o feedback da galera, da mais vontade de postar com mais frequência. 🙂

Bom e agora vamos ao que viemos!

Motivado pela criançada que veio escalar com a gente na cda semana passada, vou colocar vídeos dos pequenos pimpolhos fazendo aquele seu projeto de 8b parecer brincadeira de criança. Literalmente.

E já que os pequenos são a bola da vez, confira o filho do Escritor do famoso livro de auto-ajuda de treinamento: How to climb 5.12, o Eric J. Hörst. O muleque manda um 10c, desce e ao ser perguntado: E aí mano? Que tal ter mandado 10c? E ele: ah, sei lá. Não tenho nada pra falar. Bem antipático na real, quase que nao coloco, mas, ok, taí..

Continuando os pequenos rebentos destituídos de peso e limitações, Ashima Shiraishi mandando dois onzimos no mesmo pico do muleque aí de cima.

E a principal concorrente da Ashima é a Brooke Raboutou, que tem quase a mesma idade, talvez um pouco mais. A miss simpatia em pessoa, das tres é a que parece mais uma criança “normal”. Mostremos então o treino dela, a pequena de o que? 10 ou 12 anos que já mandou mais do que vc terá mandando em toda sua vida hehehe

E já que o assunto é treino, vamos para essa série de 2 vídeos do treinamento do James Pearson que vem ganhando minha simpatia ultimamente. Muito interessantes os vídeos, pois ele mostra como treinar resista e força. Quem sabe assim vc treinando não chega no nível dessa criançada? É só deixar o controle remoto e a nutella de lado e ir treinar que maravilhas podem acontecer!

E essa semana também rolou um PUUUUTA treino daqueles que se qqer um tentar fazer de primeira vai ter tendinites múltiplas pro resto da vida (e algum espanhol vai cagar na porta da sua casa). Mas é legal a título de curiosidade hehehe O cara começa o video bem humilde mas fala umas contradições que podem gerar polemica, como quando ele fala que nao se da muito bem com trabalho de pés, e por isso ficar forte pra ele resolveu. Ou então quando fala das coisas hard que ele fez e cita um boulder na academia. WHAT? Ele faz o 9×1 que é pular 9 barras no campus board. IN-SA-NO. É tipo o Tony Hawk fazer o 900… ta ok, com muito menos glamour, mas ainda assim, foda pra caralhO!

E deu por hoje… Fui!

A Ashima e a Brooke juntas lendo o blog do Genja no celular... ;)

A Ashima e a Brooke juntas lendo o blog do Genja no celular… 😉

 

Criançada Escalando na Cda!

Corram para as colinas! Criançada chegando pra escalar

Corram para as colinas! Criançada chegando pra escalar

Sexta passada a tarde rolou uma atividade muito massa lá na Caixa D’água! Mas vamos do começo: O Rafael Provinciatti, que é de Descalvado, começou a escalar comigo em 2010. Recentemente ele começou a dar aulas para crianças de 7 a 14 anos no Colégio Salesianos, que em São Carlos é popularmente conhecido por “Educandário”. Sugeri a ele então porquê não fazermos uma atividade de escalada com seus alunos na Caixa d’água? É só marcar! E não é que ele marcou e foi? Foram mais de 20 crianças de 10 anos todas com termo de responsabilidade assinado pelos pais para conhecer a atividade de “escalada”.

O tio Rafa indo primeiro para mostrar como é que se faz!

O tio Rafa indo primeiro para mostrar como é que se faz!

Pra ganhar a galerinha já comecei falando da parte que eu mais gosto: dos equipamentos. Os olhos deles brilhavam (igual eu) ao ver pela primeira vez um mosquetão de verdade. E eu fui explicando que aquele “gancho” (E que chama mosquetão) aguenta um fusca, e eles iam ficando impressionados… falei da cadeirinha… cordas, freios.. que escalada não é rapel, segurança em si.. e.. Bem, aí o Beto chegou com os equipamentos e pudemos dar início às festividades. A galerinha ja tava alucinada querendo subir, lógico. Bem, nem tão lógico pq quantas vezes eu Não vi gente chegar na caixa d’água e não querer subir, dizer que não consegue sem nem ter tentado, ou ter vergonha, ou medo, ou tudo isso, enfim, adultos, tsc, tsc, tsc…

O Tio Rafa subiu primeiro para fazer a demonstração e o Beto e eu ficamos na seg. Logo a mulecada já começou a se degladear pra ver quem seria o primeiro, foi muito legal! Os nomes iam sendo chamados e um a um foram tentando subir como podiam. No final da tarde DUAS meninas (isso mesmo) tinham conseguido subir a caixa d’água até o topo!!!

O Toquinho da Cadena - Ensinado desde cedo nas categorias de base do SCPT

O Toquinho da Cadena – Ensinado desde cedo nas categorias de base do SCPT

Até a diretora do Colégio apareceu para nos cumprimentar e nos agradecer, mas no fim quem acabou agradecendo fomos nós pela oportunidade de poder “espalhar a palavra”.

Criançada na Cda... se divertindo igual nóis!

A diretora do Colégio vindo pessoalmente conferir a atividade e nos cumprimentar

Foi um prazer inenarrável ter podido dividir um pouquinho da nossa escalada por uma tarde com essa turminha. Tira-los um pouco de suas rotinas e traze-los mais para perto do nosso mundo. Será que isso fará diferença um dia? Bom, mal não terá feito! A semente está lançada, vamos ver se em breve teremos alguns escaladores saindo dessa turminha 🙂 O primeiro que sair da Matrix, ganha! hehehe

Toda a turma do Colégio Salesianos de São Carlos Reunida com os membros do CUME Genja e Beto, junto com o Professor (de vermelho) Rafael Provinciatti

A turma do Colégio Salesianos de São Carlos (educandário) Reunida com os membros do CUME Genja e Beto, junto com o Professor (de vermelho) Rafael Provinciatti