Um vídeo de cada…

Ciça escalando uma "Barbaridade!" kkkkkk

Ciça escalando uma “Barbaridade!” kkkkkk

As duas últimas semanas, de repente, pipocaram com vídeos iradíssimos pela internet afora. Muitos já foram postados no Face da Quero Escalar, (portanto, se você ainda não curtiu, curta e veja antes). Tem pra todos os gostos (anal, bukake, swing, amadoras) Boulder, esportiva, trad, de várias cordadas, treinos, competições… enfim, vamos logo ao que interessa?

Começando com um vídeo de história. Explicando a história do REDPOINT. Não sabe o que é? Bom, sabe quando você manda uma via? Ou seja, você escalou ela inteira, guiando, sem cair, certo? (CERTO? Não existe mandar com uma queda, nem mandar de top). Pois é. Você pode mandar ela a vista (onsight) que é quando você não sabe absolutamente nada sobre a via, só o grau e olha lá. Não sabe onde é o crux, não sabe a característica da via (se é de reglete, abaolado ou negativa) NADA. Nunca viu ninguém escala-la. Se você tiver qualquer noção de que a via tem reglete, ou que o crux é no começo ou no fim, já é FLASH (e aí não tem tradução, em português é flash mesmo). Agora, se vc “malha” a via N vezes, ou seja, entra nela mais que uma vez, ensaia os movimentos para só então mandá-la, então você mandou ela no chamado “redpoint”, ou seja, quando não é nem flash nem a vista. Mas porque redpoint? Agora chegamos ao ponto que eu queria (o vermelho?). Assista o vídeo e entenda essa história:

E já que estamos em ritmo de chucruts, mais um vídeo, desta vez da Sasha Digiulian dando um treininho “de buenas” em uma das academias conceito na Alemanha, o chamado Cafe Kraft. Várias dicas boas para incorporar em nossos treinos hein magrelas?!

E um que só descobri essa semana. Muito bom, vídeo feito na Itália, de uma via de várias cordadas, tudo na casa do 10b. A via sai de dentro de uma gruta, e vai virando o negativo até ficar vertical. O nome da via? Divina Comédia, epopéia Italiana de Dante Aliguieri, que está para o Italiano assim como os Lusíadas está para o Português. O livro, que é uma espécie de Senhor dos Anéis da idade média, conta a passagem do autor pelo Inferno, purgatório e finalmente céu, e cada etapa é composta por 3 livros (alô hollywood, se 1 hobbit rendeu 3 filmes, esse livro pode render 27! kkkkkk). Enfim, com vocês, o tal vídeo:

Vídeo de Nico Favresse fazendo o FA (First Ascent, primeira ascensão em livre – ou seja, só usando a rocha para subir, tendo a corda somente para sua proteção em caso de queda – e não tendo esta sido necessária em nenhum momento) de uma via na Noruega, toda em móvel. Ficaram mil anos lutando contra o mau tempo, e em algum momento chegaram a achar que não ia rolar. Em outro momento anterior, pensaram que mais um pega sairia (tipo um amigo meu na ética kkkk). Em determinado momento ele rasga o verbo e mete o pau na galera que faz tickMarck (marquinhas de magnésio na parte boa de agarras chave para facilitar a precisão e não errar na hora “H”), usa cordas fixas e outros artificios modernos, chamando-os de preguiçosos e que estão tentando ser uma coisa que não são.  Esqueceu de dizer que cada um escala o que quiser da maneira que se diverte mais né? Basta do Tribunal de pedra por aí. (E não esquecer de apagar os tickmarcks e remover as cordas fixas depois da escalada).

E finalizando. Por increça que parível, deixei o melhor de boulder pro final. Isso mesmo! Um vídeo de Boulder do Atleta Edelrid Espanhol Iris Matamoros (Mas se não tiver ele matamontanhas, matacolinas – Badun-tsssss). Deve ser parceiro do Alberto Rocasolano 😉 . O vídeo é uma compilação de muitos boulders de sua trip para Rocklands, simples porém bastante entretivo:

E pra encerrar um treino de ombro incrível para ficar com as escápulas, manguito rotador e deltóides petrificados igual do Patxi Usobiaga:

como diria um comentário que vi no Facebook: “Matei no peito, um, dois, nem me viu já sumi na neblina” huahuahua

Isso aí personas! Todos treinando forte para o Climb de Carnaval? Qual vai ser? Carnavarcos? Bocairnaval? Carnapó? Cuscuval? São Bentav…. CHEGA.

PS – EXTRA!! EXTRA!! Notícia QUENTINHA de última hora, saiu enquanto eu escrevia o post: A Quero Escalar vai apoiar mais um evento! A Invasão Feminina no Rio que vai acontecer no dia 8 de março na Praia Vermelha! 

Bastidores do Camp. Caipira 2013

É, só tinha os bam-bam-bam do interior no Caipira: Xitão, Lukinha, João Ricardo, Beto, Guilherme… o mais fraco ali manda 8a a vista, o mais forte já mandou décimo! Não tava fraco o negócio e apesar de serem escaladores fortes, são gente finíssima da mais alta estirpe, (um bando de figura isso sim se vc quer saber!). Aproveitando a reunião dos magnatas do Climb interiorano (não estavam todos, mas a reunião estava cheia de personalidades) aproveitei para tietar um pouco, e saiu um video que mostra bem o clima no campeonato… Sabe aqueles churrascos da turma? Pois é… só faltou a carne e a cerveja, pois a festa estava instaurada. Acompanhe:

Campeonato Caipira 2013 – Etapa Campinas

A torcida vibra a cada pé na mão!

A torcida vibra a cada pé na mão!

E continuando a série de posts sobre atitude positiva: O que foi esse campeonato caipira etapa campinas?! Quem não foi perdeu uma grande festa que começou sábado de manhã e só foi acabar no domingo a tarde. A escalada no Brasil pode estar no começo, ter suas falhas (Como poucos picos de escalada para – agora sim já ta até dando pra dizer – muita gente, ou gente que começa a escalar e bate no peito com orgulho dizendo que nunca fez um curso de escalada), mas sem dúvida nenhuma podemos dizer a escalada Brasileira tem PERSONALIDADE. E foi isso que a gente viu, o grande reflexo da comunidade escaladora brasileira no sábado em Campinas, lá no muro do GEEU. Todo mundo trocando idéia de boa. É como se você chegasse num lugar, não conhecesse ninguém, mas só porque todo mundo escala, já viram BFF melhores amigos! Muita animação, risada e escalada rolou sob o pano de fundo de uma competição que movimentou a comunidade escaladora interiorana, no que hoje é O MAIOR CAMPEONATO DE ESCALADA do estado de São Paulo (O que não é muito difícil quando se é o único, diga-se). Não vi os números oficiais, aliás, GEEUenses, aguardo número para divulgar aqui, de inscritos e colocações! Nas minhas contas tinha quase 40 participantes, tipo a Etapa em Sanca em novembro passado!

O São Carlos Pression Team foi bem representado pelas categorias de base e pelos fanfarrões do Master, que foram só pelo rolê e pra fazer social. Ta, ok, eu fui pra fazer social e dar rolê, pois o Beto e o Gui Quase que ganham a parada, não fossem as estrelas nacionais competindo de igual pra igual! As meninas também não fizeram feio, e eis que a caravana era composta por:

Thierry – O menino lobo que só come frutas e está conquistando o coração de todo mundo com seu bom humor e carisma, e acabou ficando em primeiro no iniciante, com 2 meses de escalada (sim, ele escalou pela primeira vez em 6 de abril deste mesmo ano).

Breno – Outro que vem se esforçando bastante e não decepcionou o time (ao contrário deste que vos fala) em sua categoria!

Mari – A menina criada com a avó no Apartamento mandou muito bem, matou a gente de orgulho e mostrou que a classe dos Nerds também tem vez na escalada (na verdade Mari, nós somos a maioria! 😉 ), tendo garantido um lugar no pódio com o terceiro lugar! E agora Mari? Próxima etapa vai ter que ir guiando hein? ;P

Bia – A Bia decidiu de última hora dar um balão na aula de sábado e partir com o time representar no campeonato!

Bia na Segunda via...

Bia na Segunda via…

Isa – A atual primeira dama do CUME também competiu na categoria feminino Não-iniciante (é que só tinha duas, iniciante e intermediário, mas eu chamaria de Master!)

Guilherme – O Mr. Escalada a vista fez bonito com sua escalada técnica cheio de graça e tirou vários aplausos da torcida (principalmente das meninas Cheerleaders do SCPT da Bia)

Beto – Betão saiu mostrando técnica e força misturadas numa fórmula que por pouco não garantiu lugar no pódio do Master! Foi mais uma vítima da agarra “Duna”, grande vilã que derrubou praticamente todos os finalistas já na saída da via da final… :/

Genjão – Até seria um fiasco se houvesse a remota possibilidade de um desempenho. A real é que teria sido mais feio não competir do que cair na primeira agarra da primeira via! O importante é estar dando risada com a galera dos próprios erros e tomar tudo como aprendizado! Mesmo voltando da lesão número 28, eu que nem ia competir, acabei de última hora contagiado por toda aquela vibe empolgante da galera.  Deixei as minhas expectativas nulas de lado e resolvi sentir o friozinho na barriga de escalar com a platéia, e, apesar de nem ter saído do chão por causa de uma bobagem qualquer – que garantiu comentários de quem assistia se eu não estaria equivocado competindo na categoria errada)- acabei escalando um pouco mais na segunda via do master, e, com um gritinho no melhor estilo Chris Sharma vergonha-alheia isso sim, encerrei minha participação nesta etapa do campeonato.

E também destaque para as Cheerleaders Marta e Marina(ã0)que foram só para assistir, torcer e jogar cascas de banana e tomates nos concorrentes, e passar maionese nas agarras aquela vibe esperta. Certeza que foram para tietar as sub-celebridades do Climb Brasileiro isso sim!

De noite ainda rolou baladinha, tava muito massa mas estavamos muito cansados e logo nos evadimos do local, ainda que a contragosto, pois já não estavamos aguentando ficar acordados: nos despertamos aquele dia as 6 da manhã, ficamos no sol, competimos e fizemos social o dia inteiro. Ficamos na casa do Lukinha, que mostrou uma puta hospitalidade ímpar, típica do Brasileiro, valeu mano! Mi casa su casa! Aliás, essa coisa de união de toda a galera é um pouco raro la fora (mas parece que eles estão aprendendo com a gente), parece que é mais coisa de brasileiro e é por isso que os gringos gostam tanto de vir pro Brasil escalar! O melhor de subir as preda tudo aqui no Brasil, é a galera embaixo!? Será exagero? Bem, não seria a primeira vez, mas também não é lá muito inverdade. Na verdade acho que é a soma dos dois fatores! Tipo quando a Bianca fala no Blog dela que muitas de suas cadenas se devem em parte por conta da vibe d@s amig@s, acho que tem muito disso na escalada! E no domingo ainda rolou um Climb na pedreira, foi bem massa, tava toda a galera que sempre encontramos no cuscuzeiro e Itaqueri, pessoal de Rio Claro, Hortolândia, Piracicaba e claro, Campinas. Deu pra socializar, nos passaram os betas das vias, foi apoteótico!

A Equipe Quero Escalar na concentração do Campeonato Caipira!

A Equipe Quero Escalar na concentração do Campeonato Caipira!

O que importa é a Vibe positiva que rola sempre nesses encontros, que a galera da escalada emana e que é muito legal, praticamente uma seleção natural: Quem não tem a vibe nem começa a escalar pq não ta na sintonia…. Portanto se vc tem a vibe boa, vem pro Climb vc também! 🙂

E é isso aí galera, daqui a pouco o vídeo que eu fiz com as celebridades durante o evento!

Charada e uma coisinha a mais…

Anna Stohr - Austríaca que anda mandando Tuto por aí, ganhando todas as competições que participa...

Anna Stohr – Austríaca que anda mandando Tuto por aí, ganhando todas as competições que participa…

É, fazia tempo né? Todo mundo curte, eu tenho feito poucas, não prometo mais regularidade, mas criatividade sim! Vamos à charada de hoje, e logo em seguida um agradinho para vocês ilustres digníssimos leitores 🙂

Charada de nível médio!

Charada de nível médio!

E beleza, é dada a largada para ver quem acerta primeiro. Enquanto isso, não muito longe dali, estou com muitos vídeos acumulados! Mas vou colocar só um porque realmente, é O Vídeo. Até falei 2 posts atrás que o vídeo do Cláudio Brisiguelo era o mais legal dos últimos tempos… mas este, meu irmão.. este próximo vídeo vai transcender tudo o que conhecemos por vídeos de escalada. Simplesmente um salto quântico mais além dos tradicionais vídeos de boulder – Aí Cláudio, até vc vai ter que concordar comigo! hahaha . Acho que 2013 tem sido o Ano em que os vídeos de escalada acordaram para o mundo e meu amigo… se o vídeo do Akira era bom… esse aqui é outra “catiguria”. Anos luz não em ser melhor, seria como comparar uma bela pintura de Monet a um filme do Steven Spielberg, mas simplesmente anos luz do outro lado do cosmos, o qual por si só independente do lugar é lindo. Como comparar então? Não dá. Mas dá pra assistir e babar. Com vocês…. ahm… vejam vocês mesmos:

DE NADA.

CAMPEONATO CAIPIRAAAAAAAAAAA

É caipira caralho, não é Hippie!

E está dada a largada para o mais competitivo, animado, e politicamente correto (ironia) campeonato do interior paulista!! Será um MEGA EVENTO com DJ, TENDA OPEN BAR DE TEQUILA, VODCA, CERVEJA, ÁGUA, REFRI durante a competição e + 3 FESTAS…Além é claro do tradicional Corso com a contagem de corpos ao final. Bom, o negócio é que na semana seguinte a esse evento (que é o TUSCA) teremos o Campeonato Caipira de Escalada!!

Que venha o campeonato caipira! Você está preparado?

Reuniremos a galera mais bonita do interior Paulista para celebrar, comemorar, celibatar, escalar e dar muita risada durante o campeonato de escalada que hoje já é sensaçãoooo  já é sucesso entre os escaladores de todo o estado. Todo ano (que acontece o evento) todo mundo fica louco pelas inscrições e as camisetas acabam em segundos (só que não). De maneira que todos estão convidados a vir, fazer um social (que é a parte mais legal da escalada, sejamos francos) e se arriscar a ganhar uns prêmios lúdicos que valem mais do que dinheiro! Além é claro de curtir um som da hora (Segundo as regras do campeonato, quem for pego na concentração com celular ouvindo Funk ou sertanejo Universitário está desclassificado automaticamente sem perguntas) rever a galera, conhecer mais gente, integrar-se com o pessoal de Sanca que são tudo casca-grossa e escalam pacaralho e já que ta vindo o pessoal de Campinas, aproveitar também pra tomar uma água diferente. Nem que seja de cevada no fim do dia! Vários relacionamentos começaram em campeonatos entre as cidades, principalmente entre escaladores de Araraquara e Campinas porém por conta da pressão da igreja e da família intolerante, nenhum foi pra frente. O clima dos campeonatos caipiras normalmente são muito agradáveis e sempre são o maior sucesso das redes sociais e os tópicos mais twitados no dia seguinte.

Eu no Campeonato Caipira 1, etapa 1….

Serão 6 categorias concorrendo pelo PREMIUS MÁXIMUS e serão montadas vias para os INICIANTES de ambas as categorias (masculino e feminino), e este ano também temos uma novidade nas categorias, caso o pessoal de Campinas solicite, que é a categoria para o terceiro gênero. Também haverá o nivel Intermediário para as garotas (caso haja demanda). OS FÓDÃO e AS MINA PÁ também competem espremendo as agarras que nenhum fabricante de agarras quis dar esse ano em 3 vias montadas pra derrubá @s cabocl@!

Então é isso:

CAMPEONATO CAIPIRA em São Carlos, dia 10 de novembro a partir das 8 da manhã! Tragam seus tambores e maracás!

Danizinha no Campeonato Caipira – Etapa SanCharles – Pagando de gatona