As charadas estão de volta! (mas os vídeos continuam)

Quem se lembra delas? Depois de, um ano atrás, o Gui mandar uma charada tão difícil que quebrou a banca… Ninguém acertou, eu não faço a menor idéia do que seja… hoje me senti inspirado a fazer mais duas charadas. Uma bem fácil, só pelo lúdico pra motivar a galera, e logo outra um pouco menos fácil, porém ainda assim quinto grau de charada hahaha Para quem quiser se remotivar com a charada que já está ha aproximadamente 48 semanas entre os 10 problemas sem solução da matemática moderna, repito-a:

Essa é a versão que ele me passou, “fácil”… let’s just think outside of the box….

E agora que vc lembrou, vamos às duas de hoje, primeiro a fácil:

3 segundos pra dar a resposta…

E agora a menos fácil:

O retorno das charadas 🙂

Muito bem! Tempooooo…. hehehe Não vou nem dar dica, se eu disser quem não vale adivinhar, os outros já adivinharão por ligação..

Mas claro que nem só de charadas vivemos os escaladores, também vamos dar uma olhada em alguns vídeos que pipocaram na net essa semana. Começando com esse comparativo entre a personalidade de duas escaladoras. Todo mundo sabe que eu sou fã da Sasha Digiulian, mas de agora em diante ela caiu três posições, ficando atrás da Alizée Dufraisse, que subiu duas posições, da Melissa Le neve, que aparece pela primeira vez no Ranking. Nina Caprez ganha uma posição e Ruth Planells (quem?) que antes figurava sempre alternando as primeiras e segundas posições, cai 4 posições, e, quem sobe uma posição também no Ranking é uma escaladora Brasileira que tem um muro lá em Igatu com seu nome, mas que vou manter sua identidade em segrego por motivos de segurança e intimidade.

Enfim, tudo isso mais uma vez pra dizer que este vídeo da 5.10 com a equipe treinando para o Adidas RockStars (5.10 que por acaso é da Adidas, diga-se de passagem) mostra as meninas trocando idéia depois do treino, e aí a sasha comenta que não curte muito rock (e cai 4 posições) fazendo com que a Melissa entre no top-5. Soma-se a isto o segundo vídeo, mas primeiro, veja o das meninas da 5.10 team se preparando para o Adidas Rockstars:

E aí vc termina de assistir o vídeo e fala: RIHANA ,Sasha? Rihana??? Aí vc vê a diferença Brutal de culturas entre as escaladoras, esta americana, e a outra francesa: Alizeé Dufraisse, que sobe para a primeira posição do Ranking, principalmente depois que ela fala da trajetória de sua vida, e que aprendeu russo pq ela curte muito as obras de dostoiewsky. Que toca piano e que curte ouvir Musica clássica quando está escalando. Puts… Os mano Pira nas escaladora intelectual hahahaa

E já que o assunto são as francesas, nada melhor que a receita do sucesso para suas cadenas com o Chef Francês: “Gibarrê”

Continuando com as dicas dos grandes mestres, aproveito e coloco o último vídeo que saiu com as dicas do Chris Sharma, que sempre é bem popular nas buscas e da bastante pageviews hahahaa

E partindo um pouco para outra vertente, aí um garoto em Squamish Solando uma das clássicas do pico, um tetão chamado Zombie Roof… toda a história, durante o filme:

Você lembra da Bermudeirinha? Pois é, para quem está curioso para vê-la em ação aqui um vídeo dividido em três etapas. Um pouco monótono porém interessante pois mostra o Dani Andrada, O Magnus Mitdboe (nem tenho aquela letra esquisita no meu teclado pra escrever o nome do maluco) e o Ethan Ruffles malhando um dozimo chamado Eye of Odin na caverna de Flatanger, na Noruega, que é Basicamente o Passavinte gringo, só que com a galera tendo contado com o apoio da cidade e do governo federal para organizar um evento que ajudou na abertura e equipagem de várias vias no pico.  Eu preciso ser mais específico e dizer isso tudo eu me refiro é lá na Noruega, e não no Brasil? Enfim… O Magnus aparece usando a Bermudeirinha no seu pegue pra mandar a via (não conseguiuuuoooooo) e quem acaba mandando o FA  é o Ruffles no final. Confira:

Vou terminar colocando um videozinho que tenta explicar e justificar a polêmica do Cerro Torre e a retirada dos trocentos bolts da escadinha de bolts do Maestri, e porquê teoricamente não foi uma coisa tão ruim assim… vai entender… Belas imagens, muito bem contadas as histórias das 3 únicas vias de acesso ao cume do torre por meios considerados “justos, ou honestos” por isso valeu a pena ver o vídeo, porém não justifica muita coisa, é bem unilateral mostrando só um ponto de vista no que se refere à retirada, nem considerando, mencionando nem citando o outro ponto de vista: de que tenha sido ruim a retirada. Qual é o certo qual o errado? Vai de cada um, mas um video pra ser bom a gente espera que no mínimo seja imparcial. #faleimemo

Bom, e chega né!? Não esqueça que tem 3 charadas pra vc resolver hoje!

Bjo!

========UPDATE=========

Esqueci de colocar o vídeo mais importante do dia hahahaha O Novo episódio da THE SANDSTONE SERIES, com o Genja (vulgo eu), escalando a via Barranco noveá na invernada…

Um dos melhores vídeos Brazucas…

(Não esqueçam de clicar no HD para assistir os videos em Alta definição!)

Fiquei emocionado com esse vídeo da Raquel Guilhon no RJ mandando a esdrúxulo luxo, 10a (8a+). Finalmente um vídeo com qualidade gringa, e uma escaladora com nível gringo. A Raquel na minha opinião é junto com a Janine a escaladora mais forte do Brasil, e isso se mostra nas vias que ela vem mandando na rocha. O destaque também é pela incrível edição, de qualidade, com muitos takes, e várias tomadas, sem erros de continuidade, parabéns ao Ricardo Cosme da Granito Filmes pela produção. Em breve o primeiro lançamento amador da Marmota filmes sobre o cuscuzeiro. E já menos amador uma pequena produção sobre a nossa trip para o cipó.

Sobre fotos dos últimos climbs, bem, a camera anda meio tímida, e o fotografo idem, sem muitas sequências geniais que mereçam vir para o blog. Mas em breve, como já antecipei, vídeos!

E já que o assunto é vídeo, fiquem com mais um:

O polêmico Barnabé escalando uma “criação sua”, um praticamente 12a, que ele teve que colar umas agarrinhas (béééééeeeee) para poder linkar um trecho impossível… ou seja, fabricando vias, coisa que não fazemos aqui no Brasil nem fudendo! (talvez por isso não tenhamos dôzimos? Melhor não pensar).

E na sequência, 2 trailers:

Esse da Sashinha que rolou aos montes na internet semana passada, mas eu não poderia deixar de coloca-lo. Detalhe que ele foi feito usando uma (!!) GRUA (!!) é isso mesmo, uma espécide de haste que acompanha a escaladora conforme ela vai subindo.. muito foda essas superproduções. E eu aqui todo feliz que fiquei sentado numa árvore em frente a via pra fazer umas fotinhos mixurucas… =/ Note que o saquinho de mag que ela usa parece gigante, mas eu tenho um igual e é bem menor, mostrando que ela édeve ser muito pequena. Maldita magra

E esse trailer do filme do Adam Ondra… Muito bom assisti-lo malhando a Golpe de Estado (12b Br) bem de perto, vê-lo falhar, não conseguir fazer os moves, insistir até conseguir… Vê se aprende pra não dar fiasco na leite com pêra, genjão! – Eu sei… 😦

E vocês lembram daquela via que iniciava o Dosage 4? Onde o Chris Sharma pagava uma travessia nuns abaolados ignorantes, e no final fazia uma virada pegando num reglete inexistente, dando umas vuadas alucinantes? (medo) Pois ela está de volta… Ficou bem legal essa edição, não está world class, mas vale a pena acompanhar a escalada e o crux de uma forma menos “gritante”.

Para finalizar, o Alex Honnold, solando uns bagulho cabuloso, e gritando no meio: “Ai caralho, to me cagando!!!”  Vaaai nego… detalhe para o bom gosto para camisas dele, que assim como eu, alto e feio, temos que utilizar para parecer mais normal. Além de escalarmos pra caralho é claro kkkkkk

E chega por hoje, quem quiser mais vídeo, tem esse, que entrou na lista porque a trilha sonora fez a média subir e passar raspando no pré-requisito…