Bastidores do Camp. Caipira 2013

É, só tinha os bam-bam-bam do interior no Caipira: Xitão, Lukinha, João Ricardo, Beto, Guilherme… o mais fraco ali manda 8a a vista, o mais forte já mandou décimo! Não tava fraco o negócio e apesar de serem escaladores fortes, são gente finíssima da mais alta estirpe, (um bando de figura isso sim se vc quer saber!). Aproveitando a reunião dos magnatas do Climb interiorano (não estavam todos, mas a reunião estava cheia de personalidades) aproveitei para tietar um pouco, e saiu um video que mostra bem o clima no campeonato… Sabe aqueles churrascos da turma? Pois é… só faltou a carne e a cerveja, pois a festa estava instaurada. Acompanhe:

Campeonato Caipira 2013 – Etapa Campinas

A torcida vibra a cada pé na mão!

A torcida vibra a cada pé na mão!

E continuando a série de posts sobre atitude positiva: O que foi esse campeonato caipira etapa campinas?! Quem não foi perdeu uma grande festa que começou sábado de manhã e só foi acabar no domingo a tarde. A escalada no Brasil pode estar no começo, ter suas falhas (Como poucos picos de escalada para – agora sim já ta até dando pra dizer – muita gente, ou gente que começa a escalar e bate no peito com orgulho dizendo que nunca fez um curso de escalada), mas sem dúvida nenhuma podemos dizer a escalada Brasileira tem PERSONALIDADE. E foi isso que a gente viu, o grande reflexo da comunidade escaladora brasileira no sábado em Campinas, lá no muro do GEEU. Todo mundo trocando idéia de boa. É como se você chegasse num lugar, não conhecesse ninguém, mas só porque todo mundo escala, já viram BFF melhores amigos! Muita animação, risada e escalada rolou sob o pano de fundo de uma competição que movimentou a comunidade escaladora interiorana, no que hoje é O MAIOR CAMPEONATO DE ESCALADA do estado de São Paulo (O que não é muito difícil quando se é o único, diga-se). Não vi os números oficiais, aliás, GEEUenses, aguardo número para divulgar aqui, de inscritos e colocações! Nas minhas contas tinha quase 40 participantes, tipo a Etapa em Sanca em novembro passado!

O São Carlos Pression Team foi bem representado pelas categorias de base e pelos fanfarrões do Master, que foram só pelo rolê e pra fazer social. Ta, ok, eu fui pra fazer social e dar rolê, pois o Beto e o Gui Quase que ganham a parada, não fossem as estrelas nacionais competindo de igual pra igual! As meninas também não fizeram feio, e eis que a caravana era composta por:

Thierry – O menino lobo que só come frutas e está conquistando o coração de todo mundo com seu bom humor e carisma, e acabou ficando em primeiro no iniciante, com 2 meses de escalada (sim, ele escalou pela primeira vez em 6 de abril deste mesmo ano).

Breno – Outro que vem se esforçando bastante e não decepcionou o time (ao contrário deste que vos fala) em sua categoria!

Mari – A menina criada com a avó no Apartamento mandou muito bem, matou a gente de orgulho e mostrou que a classe dos Nerds também tem vez na escalada (na verdade Mari, nós somos a maioria! 😉 ), tendo garantido um lugar no pódio com o terceiro lugar! E agora Mari? Próxima etapa vai ter que ir guiando hein? ;P

Bia – A Bia decidiu de última hora dar um balão na aula de sábado e partir com o time representar no campeonato!

Bia na Segunda via...

Bia na Segunda via…

Isa – A atual primeira dama do CUME também competiu na categoria feminino Não-iniciante (é que só tinha duas, iniciante e intermediário, mas eu chamaria de Master!)

Guilherme – O Mr. Escalada a vista fez bonito com sua escalada técnica cheio de graça e tirou vários aplausos da torcida (principalmente das meninas Cheerleaders do SCPT da Bia)

Beto – Betão saiu mostrando técnica e força misturadas numa fórmula que por pouco não garantiu lugar no pódio do Master! Foi mais uma vítima da agarra “Duna”, grande vilã que derrubou praticamente todos os finalistas já na saída da via da final… :/

Genjão – Até seria um fiasco se houvesse a remota possibilidade de um desempenho. A real é que teria sido mais feio não competir do que cair na primeira agarra da primeira via! O importante é estar dando risada com a galera dos próprios erros e tomar tudo como aprendizado! Mesmo voltando da lesão número 28, eu que nem ia competir, acabei de última hora contagiado por toda aquela vibe empolgante da galera.  Deixei as minhas expectativas nulas de lado e resolvi sentir o friozinho na barriga de escalar com a platéia, e, apesar de nem ter saído do chão por causa de uma bobagem qualquer – que garantiu comentários de quem assistia se eu não estaria equivocado competindo na categoria errada)- acabei escalando um pouco mais na segunda via do master, e, com um gritinho no melhor estilo Chris Sharma vergonha-alheia isso sim, encerrei minha participação nesta etapa do campeonato.

E também destaque para as Cheerleaders Marta e Marina(ã0)que foram só para assistir, torcer e jogar cascas de banana e tomates nos concorrentes, e passar maionese nas agarras aquela vibe esperta. Certeza que foram para tietar as sub-celebridades do Climb Brasileiro isso sim!

De noite ainda rolou baladinha, tava muito massa mas estavamos muito cansados e logo nos evadimos do local, ainda que a contragosto, pois já não estavamos aguentando ficar acordados: nos despertamos aquele dia as 6 da manhã, ficamos no sol, competimos e fizemos social o dia inteiro. Ficamos na casa do Lukinha, que mostrou uma puta hospitalidade ímpar, típica do Brasileiro, valeu mano! Mi casa su casa! Aliás, essa coisa de união de toda a galera é um pouco raro la fora (mas parece que eles estão aprendendo com a gente), parece que é mais coisa de brasileiro e é por isso que os gringos gostam tanto de vir pro Brasil escalar! O melhor de subir as preda tudo aqui no Brasil, é a galera embaixo!? Será exagero? Bem, não seria a primeira vez, mas também não é lá muito inverdade. Na verdade acho que é a soma dos dois fatores! Tipo quando a Bianca fala no Blog dela que muitas de suas cadenas se devem em parte por conta da vibe d@s amig@s, acho que tem muito disso na escalada! E no domingo ainda rolou um Climb na pedreira, foi bem massa, tava toda a galera que sempre encontramos no cuscuzeiro e Itaqueri, pessoal de Rio Claro, Hortolândia, Piracicaba e claro, Campinas. Deu pra socializar, nos passaram os betas das vias, foi apoteótico!

A Equipe Quero Escalar na concentração do Campeonato Caipira!

A Equipe Quero Escalar na concentração do Campeonato Caipira!

O que importa é a Vibe positiva que rola sempre nesses encontros, que a galera da escalada emana e que é muito legal, praticamente uma seleção natural: Quem não tem a vibe nem começa a escalar pq não ta na sintonia…. Portanto se vc tem a vibe boa, vem pro Climb vc também! 🙂

E é isso aí galera, daqui a pouco o vídeo que eu fiz com as celebridades durante o evento!

Videos de escalada para embalar o feriado Natalino!

O ENMLD (essas sao as inciais do blog) deseja a todos um ótimo 2013!

O EINMLD (essas sao as inciais do blog) deseja a todos um ótimo 2013!

Como eu já me justifiquei, as postagens estão escassas e não tem nada que eu possa fazer a respeito! (a não ser postar mais). Eu até fiz um post nesse meio tempo mas foi no blog do CUME sobre o Campeonato Caipira, que foi de OTO PRANETAAA…. Mas como hoje é um dia dedicado à preguiça e à profanação, à procrastinação… não custa nada um postzinho né?! ainda mais que to com milhões de vídeos pra desovar aqui e ninguém gosta que eu coloco mais do que uns 15 ou 20 de uma vez, então vamos lá:

Começando com as produções nacionais, um dos mais perfeccionistas fotógrafos/escaladores/videomakers do Brasil, Naoki Arima mostrando as escaladas e treinos do pessoal capixaba:

E Não contente, fizeram mais este vídeo, “Indoor-Fina”, que na minha opinião tirou leite de pedra  e ficou incrível, mostrando que talento e criatividade podem fazer milagres:

O próximo vídeo a crítica caiu meio em cima fortemente. Alegando que os vídeos do Chris Sharma de uns tempos pra cá tem sido tipo tudo “Mais do mesmo”, vc assiste um e tem a impressão que ja tinha visto porque cai naquele lugar comum de mostrar a vida perfeita e paradisiaca do Chris, morando no melhor lugar do mundo pra escalar, ganhando pra isso, com sua super namorada (aonão não vou dizer oq ue vcs estao pensando asf), seu cachorro, sua piscina, enfim… mas o vídeo é bem filmado e editado, não fosse o lugar comum, seria melhor. To pra ver o vídeo do Sharma mandando a Separate Reality (um mero oitavo grau de teto em móvel em Yosemite).. aí sim eu terei visto uma coisa nova…

(esssa é a via que eu to falando, e quem faz ela é o Dean Potter… se vc não conhece.. deveria, esse cara é insano)

Essa semana tive uma conversa pelo face e discutíamos se cachoeiras tem ou não dono. Havia um conjunto de chácaras que acessava uma cachoeira, aí o dono da terra vendeu-a, (a terra toda, não só a cachu) e o novo dono cercou tudo e acabou com a festa. E agora José? Agora que aqui na região de São Carlos temos pelo menos uns 5 picos de escalada alucinantes fechados (que nunca foram abertos na verdade) por conta da ignorância de alguns proprietários que acham que a gente para de tomar sol na laje de casa pra ir tomar sol e comer frango com farofa com o som ligado no máximo tocando funk nas propriedades deles, mostrando-se completamente alheios às questões humanas/psicológicas/sociais/ambientais do acesso às montanhas.

Caros proprietários de terras com pontos de interesse relevantes para a escalada: Nós não fazemos fogueira. Nós não jogamos lixo. Nós trazemos o lixo dos outros (e até mesmo seu) embora. Nós não levamos rádio. Nós não ouvimos sertanejo universitário muito menos funk carioca. Nós não derrumabos árvores. Nós cuidamos e damos manutenção nas trilhas. Nós não matamos animais silvestres. Nós não levamos cachorro no pico. Nós não jogamos excrementos em rios, pois fazemos nossas necessidades  no minimo a 30m de fontes de água, devidamente enterrados. Nós somos cordiais e respeitamos a privacidade dos proprietários. A única coisa que fazemos é escalar: Subir a pedra.  Discretamente de preferencia. No final do dia nós vamos embora. Será que agora podemos?

No Rio de Janeiro já existe uma lei que obriga quaisquer donos de terras que tenham pontos naturais de interesse comum como montanhas, paredões rochosos, etc… a fornecer um acesso pelo menos. Lei esta que tanto gostaríamos de ver aplicada no Brasil todo. Ahh, ia faltar parabolt. Se as empresas de chapeletas e chumbadores financiassem alguns políticos, eles iam encher o rabo de dinheiro de tanto que eles iam vender (e a gente abrir via ;P )… Enfim. Nos estados unidos os escaladores se uniram e formaram o ACCESS FUND que viabiliza e controla o acesso a algumas áreas. É como se fosse um fundo monetário, e, no caso de um proprietário querer encrespar com o acesso, ou querer vender para uma mineradora, o access fund vai lá e “empresta” dinheiro para a comunidade escaladora local comprar a terra. Depois a comunidade se vira pra pagar prestaçoes a perder de vista com juros infimos. Ah, e detalhe: funciona mesmo. Quem assina a Climbing sabe que sempre tem pico novo sendo liberado ou velho sendo salvo por eles. Tudo a base de doações dos proprios escaladores!!! (E aqui neguin miguelando 30 conto da semestralidade do cume… tsc tsc tsc…)

E Falando em acesso em áreas remotas, mais um video fanfarroneado para o ACCESS FUND:

E mudando um pouco de assunto, aqui um video de uma mulher espanhola que pratica escalada artificial em Solitário. Se você não sabe o que é escalada em artificial: (é quando vc pega na costura pra passar um lance que vc nao mandou em livre) e em solitário (quando vc faz sua própria Seg, com cordas, todos os equipamentos como manda o figurino, porém, sem um parça). Veja o vídeo e descubra porque a Silvia usa shampoo de laranja.

Agora um vídeo do “showBiz” da escalada. O LaSportiva Legends reune os feras da marca para um campeonato “Acima da média” pois os campeonatos de boulder tradicionais tem em média problemas de graduação entre 7c+ (V10) a 8b(V12). Esse não: Já começa em v12 (8a+) até v14 (8c)… enfim, mais todo o glamour que eles colocam em cima dos caras, que montam seus próprios desafios um dia antes para depois irem lá, todos juntos, na maior parceria, tentar mandar. Detalhe para um dos maiores campeões mundiais, o Jakob Schubert vermelho que nem um pimentão depois de tomar uns “ReggaeMaster” (é esse mesmo o nome né Gui?) na Baladinha…

E falando em escaladores manguaçados, eis um vídeo do nosso amigo Nacho “Doritos” “água de Salsicha” fazendo presepada em Kalymnos, na grécia. Aqui no Brasil o fanfarrão tem até via aberta que ele ajudou a conquistar, cujo nome é em sua homenagem e à sua troca de carícias com nosso outro amigo espanhol, Raul. O nome da via? “Cachaça não é água não”.

Nacho no Paredão (Cuscuzeiro)

Nacho no Paredão (Cuscuzeiro)

Tem até uma hora que aparece ele escalando!

Hora do mimimi: Se vc acha que está gordo, magro, alto, tem o doutorado, o mestrado, patrão chato, 34 créditos na faculdade, cargo importante, medinho de cair, casou com a pessoa errada, enfim, se vc PENSA que tem alguma justificativa para não ir escalar, hora do tapa na cara:

Tomou?

E pra terminar, o trailer de um documentário pra vc fica ligado… não é de escalada mas se vc pretende ter filhos, que eles não sejam obesos! Olha aí este documentário sobre o tema, muito interessante! Na minha opinião pais que tem filhos obesos deviam ir presos (ou perder a guarda da criança)!

E se vc ficou com vontade de assistir um documentário na íntegra, então veja esse que é muito bom e fala sobre a mais que atual questão do politicamente correto entre humoristas, que se defendem, e sociólogos que defendem as minorias:

Pronto! Feliz Natal, Feliz ano novo, muita escalada a todos, sem tendinites nem mimimi. Sejamos menos juízes dos outros e mais executores de nossas proprias sentenças! Ah, e observem o novo layout do blog, inclusive aquele segundo botão ali em cima, entre “Inicio” e “Este que vos Fala”. ;P

Vídeos para motivar os competidores do Camp. Caipira!

Essa mina tem ganho todas as competições por aí… será que ela iria ganhar o Caipira no Master? duvido!

Está chegaaaaaandooooo!!! Faltam menos de 3 dias para o campeonato mais disputado do estado de São Paulo!!!! A galera de campinas lotando as manicure pra chegar na hora e não fazer feio com a unha na rocha! Afinal, todo mundo tem aflição de unha ralando no concreto! hahaha A galera de Sanca ralando os calos e destruindo nos finger e nos campus board da vida pra poder ter uma desculpa no dia da competição:

“…Então cara, sabe o que é? Eu me lesionei treinando faz dois dias, por isso não consegui mandar aquele move do agarrão onde escorregou o pé!”…  kkkkkkkk  Para motivar os coleguinhas de todo o estado que estarão comparecendo em peso para o Campeonato Caipira, coloco alguns vídeos motivacionais que eu tinha selecionado de campeonatos:

Começando com a Sashinha, fazendo a via da Final do Campeonato americano de escalada  e ganhando (ops, Spooooiler)

Agora uma das etapas do mundial, que também rolou nos EUA (Vail, Colorado):

Outro vídeo de boulder (pois é, até video de campeonato de escalada de verdade tá em falta!) na Itália:

Hoje cedo eu fiquei de mal humor pois tava andando na rua com minha corda (tava indo na Federal terminar de marcar as vias do campeonato) e um tiozão daqueles bem barrigudo me olha e grita (imagina a voz do russão): AÊÊÊÊ!!! RAPEEELLL!!! Eu pensei: Puts… rapel não mano.. rapel não… Eu sei que responder é que nem chutar cachorro morto ou bater em bêbado, não vai adiantar nada, mas na minha inocência eu ainda respondi: “Rapel não! Escalada! É pra cima!” Se o beto tivesse ali teria dito: PRA QUEEEEEE??????? Realmente, pra que? O tiozão retrucou: Ahhh! Eu conheço os cara que faz rapel lá na cachoeira do água fria! (tipo, é tão absurdo quanto alguém dizer que pratica Bóia-Cross no tietê… quando vc fala que faz nado sincronizado (??). Enfim… já fui meio cabisbaixo pra federal pensando porque o Brasileiro é assim… Aï eu lembrei desse vídeo francês mostrando a criançada escalando horrores nos campeonatos mó bem organizados! Puts… Ô lá em casa hein?  Podia né? hahaha podia, claro… do jeito que os pais de hoje são cagões pra caramba (Eles mesmo escalarem? Quê jeito? Se a maior aventura da vida de um adulto de hoje que não escala é ir no parque ecológico fazer picnic 0_O ) , só falta por roupa de astronauta pro filho ir junto no supermercado, essa geração criada no leite com pera é foda… Mas enfim, se alguém leu até aqui, valeu, agora vc merece ver o vídeo:

Pra distrair um pouco, um videozinho de um campeonatinho/festivalzinho de boulder na beira da praia:

E pra finalizar, um videozinho de uma MILF grega que manda décimo grau, na rocha, para descontrair e lembrar porque é que a gente treina, e pra vc parar de mimimi que filho não é o fim do mundo, não que seja bom, mas vc não precisa parar de escalar por causa disso:

E chega por hoje! Vai treinar que o campeonato é daqui 3 dias!