Sístole & Diástole

Até a ruptura na rocha propicia fendas que são tão amadas pel@s escalador@s

Até a ruptura na rocha propicia fendas que são tão amadas pel@s escalador@s

Os padrões da natureza se repetem do micro ao macrocosmo. São relações quânticas entre átomos, partículas e moléculas que tem suas interações geridas por forças que vão se propagando ao ponto de podermos observar os mesmos efeitos no nosso dia a dia. E na nossa vida. Tudo tem altos e baixos, todos tem momentos super alegres, outros mais “tranquilos”. Faz parte da vida, do aprendizado, e com a escalada nós vamos aprendendo que “um dia da rocha, outro do escalador”. Nossa vida pessoal ou profissional nem sempre será um mar de rosas (ou uma via positiva com agarrão) mas precisamos saber lidar com cada crux pessoal, ser perseverante e superar os obstáculos – ou saber a hora de desistir, mudar de via, deixar a pressão de lado e escalar um pouco por diversão e menos pela “pressão”. Seja qual for o caso, disciplina é fundamental para se ater ao que é realmente necessário e poder tomar decisões fundamentadas para saber escolher qual o próximo passo, ou seja: fazer um move a mais pra sair do regletinho e costurar do agarrão confortavelmente em vez de perder tempo e energia pra costurar daquele microrreglete no meio do crux. Tudo vai depender da energia que você dispender com suas ações, e uma ação antecipada para colocar um costurão no crux (ou não colocar um costurão) para se fazer a clipada da melhor agarra (e não cair em tentação de clipar quando se está “na merda”) pode ser o diferencial entre mandar ou não mandar uma via. Mas aí já entram conceitos como planejamento, tomada de decisões e atitudes pro-ativas. Tudo isso eu estou falando da escalada, mas quem aí não se identificou com situações do dia a dia? A vida é uma grande dança e a música que devemos seguir é a dos nossos átomos, elétrons e suas frequências interativas. Ou não parece que quando algo não vai muito bem é porque estamos dançando fora do ritmo da música?

Bem, e falando em frequência, as últimas semanas andaram meio fracas para vídeos, mas nessa já bombaram tantos vídeos em dois dias que daria pra fazer uns 2 posts.

Começando com:

Um vídeo que começa bem, até a metade um vídeo normal de escalada bem clichê até… Só que no final da uma reviravolta, ninguém consegue mandar mais porra nenhuma aí os roteiristas apelam para mostrar esse lado B da escalada que ninguém mostra, o da frustração, o dos machucados, do mau humor, do “não-conseguir”. O segredo do sucesso desse vídeo (que tinha recorde de comentários) é que mostra mais a parte “normal” da escalada, que encaramos todos os dias que é o processo de trabalho de uma via ou boulder, e menos aquela parte que dura o menor tempo, que é quando conseguimos de fato mandar nossos projetos.

E já que estamos falando em “não mandar” as coisas, temos esse vídeo de uma escaladora praticamente anônima pra nós malhando uma fenda de teto em móvel de 9c Br (8aFr). Detalhe para a Seg com a cadeirinha Cyrus da Edelrid (a melhor cadeirinha do mundo na minha opinião hehe) e para a mochila da escaladora, que parece ser da época da guerra da secessão americana (também conhecida como guerra civil, por volta de 1860).

A dupla dinâmica Alex Honnold e Cedar Wright atacam novamente com mais um filme da série “SufferFest” (festa do sofrimento). Atravessando o deserto de bike, escalando várias “agulhas” (e se fudendo pra caralho) com rocha que nem sempre dá pra chamar de “rocha” de tão podre, a dupla faz caras e bocas numas escaladas insanas. Compete com o filme “50 tons de cinza” pelo título de filme mais sadomasoquista do ano. Seria trágico se não fosse cômico. Se o trailer já é bom, imagina o filme completo, que está para download por 14 dolares. Juro que se eu ganhasse em dólar compraria, mas o jeito é esperar aparecer no torrent 😉

Ah! E tem esse filme do ano passado que não pus aqui ainda, mas que tem tudo a ver com “não mandar”. Depois da treta com a Sasha digiulian pra ver quem ia escalar a via Orbayu, Nina Caprez passa semanas malhando a via, “malemá” consegue isolar o crux, reavalia a situação e diante de todo o stress resolve dar um tempo da via (e dos relacionamentos amorosos estáveis), e vai curtir a vibe do climb nas falésias esportivas, sair com a galere, enfim, dar um relax. Eis o teaser do filme sobre suas tentativas na Orbayu.

Hazel Findlay, uma das escaladoras mais destemidas (com três bolas) da atualidade, falando sobre suas escaladas, sobre as coisas que teve que abrir mão, que se tornou “INEMPREGÀVEL” em nenhum emprego do mundo depois que se tornou escaladora. Mas a última frase do vídeo fecha com chave de ouro o post de hoje:

“…If you´re not having fun, then…. what´s the point?” ou, em português: Se você não está se divertindo, então… qual o sentido?

(Não deu pra colocar aqui, mas é só clicar no link abaixo, e vai abrir uma sequência de vídeos muito massa dela com o Alex honnold fazendo uns psicobloc em Oman)

http://video.nationalgeographic.com/video/short-film-showcase/she-climbs-like-a-girland-its-awesome

Bem, e por hoje é isso! Temos algumas novidades na Quero Escalar, (pra variar, sempre novidades, a-do-roooooo).. entrem aqui e não se reprimam!

Vídeos e novidade!

Shimoto, em sua homenagem a foto-decorativa de hoje!

Shimoto, em sua homenagem a foto-decorativa de hoje!

Semana passada foi uma correria: entre arrumar malas, aprender a usar um programa novo e com ele fazer uma apresentação para o 15º Encontro de Escalada de Londrina sobre erros comuns e práticas seguras em Escalada Esportiva, não sobrou tempo para post no blog. Mas em compensação o Encontro foi muito legal, fiquei com uma melhor impressão ainda do pico dessa vez, tendo entrado em vias “modernizadas” seguras mas não por isso menos desafiadoras. Viagem tranquila, amigos agradáveis, bom climb, enfim, tudo na paz. Pena que esqueci minha câmera e não tirei nenhuma foto :/ Na verdade não faço idéia de onde ela esteja!

Enquanto isso, não muito longe dali… Acumulei alguns vídeozinhos muito interessantes. Vamos a Eles?

Começando com a super conquista brasileira no Fitz Roy, na Patagônia. Muita sorte com uma ventana de tempo bom incrível, e claro, muita competência por parte dos escaladores incontestáveis Sérgio Tartari, Flávio Daflon e Luciano Fiorenza.

E mais um filminho brazuca bastante simples e aprazível. Tardes de outono em Floripa mostra um lado Catarinense pouco divulgado por aí com uma escalada bonita num vídeo bem instrutivo. Diz a autora do vídeo que vem mais por aí… Estamos no aguardo! =D

E lembra daquela série da Mammut sobre vias velhas escaladas por escaladores novos? Pois é. Aparentemente hoje em dia os escaladores ficam escolhendo as vias mais perfeitinhas e no seu estilo pra evoluir ou pelo menos se divertir. No de hoje o Sean MColl um dos grandes das competições Não-mandando a via Hubble da Lenda dos anos 80 Ben Moon, que abiu e aparentemente foi o primeirio a mandar a via que tem agarra molhada, clipada tensa, crux no começo, passagens esquisitas, em pouco mais de 15m… haha 

E já que já fomos pra gringa, um vídeo que dá água na boca sobre um pico alucinante. Detalhe que é um vídeo comercial feito pelo/para o abrigo local e mesmo assim é de se assistir de novo. Detalhe para a Caroline Ciavaldini de Biquininho. ;P

Se você gostou da Carol, veja esse vídeo que mostra, entre outras coisas, um pouco do início de sua carreira:

Mas falando em garotas gringas... Ô Grória.. Daila Ojeda, Alizee Dufraisse e Olivia Hsu contando sobre suas motivações na escalada e claro, escalando num daqueles vídeos Zen da prana para quem é vegetariano, vai pro trabalho de bike, ajuda no azilo, doa sangue toda semana, não fala palavrão, não bebe alcool, não usa drogas e não fala mal de ninguém. (ou seja, não existe kkkk)

E Aqui a lenda viva Cuscuzeiriana, o cara que abriu as famosas Watch Me, Let´s Go, Mosquitos, Denorex, Fly or Die e Manga com Leite no Cuscuzeiro, o tal do “Alemão”… Carsten, falando sobre as maravilhosas cordas da Edelrid:

No final, mas não por último, uma palestra/vídeo/documentário sobre o famigerado Alex Honnold. Perguntas inusitadas… E confessando sobre sua motivação para solar vias e como ela foi mudando ao longo do tempo. “…No princípio eu comecei a solar pra ver se eu comia alguém..” kkkkkk Hilário…. 

E encerro deixando a foto da capa do Guia do Cuscuzeiro que finalmente está na Gráfica para impressão. Em breve à venda em alguns lugares que eu vou selecionar a dedo kkkkk

Guia Completo de escaladas do Cuscuzeiro - Já na gráfica, em breve, na Quero Escalar!

Guia Completo de escaladas do Cuscuzeiro – Já na gráfica, em breve, na Quero Escalar!

 

 

Fim de semana chuvoso? Vídeos!

Essa foto da grande Fabíola deu o que falar essa semana no I Love Climbing!

Essa foto da grande Fabíola deu o que falar essa semana no I Love Climbing!

É, antes a gente tava reclamando do calor, que tava tudo muito seco. Pedindo uma chuvinha por cima. Agora que ninguém consegue treinar, que tá todo mundo tomando chuva, só o que a gente quer é que chova mesmo durante a madrugada e manhãs, mas que nos fins de tarde, noites e aos findes pare pra gente poder escalar. Ou que pelo menos chova só sábado pra que domingo não tenhamos que ir na Invernada lotada de gente comentando que”…tem os loco que sobe de rapel na corda”… (sic). Enfim, caso não seja possível ir escalar, quem ficar poderá desfrutar de uma extensa seleção de vídeos que eu ia soltar semana passada mas não tive tempo!

Começamos fomentando a indústria nacional de vídeos, que está sentindo falta das produções da Little Up! mas que tem apresentado grandes produções como as que seguem. Primeiro Gustavo Manera, que eu tive o prazer de conhecer no reveion no Espaço Mandalla, manda esse vídeo da via Efeito Colateral, 9a, na Bocaina, um dos picos de escalada mais “gueto” do Brasil:

Depois um vídeo de Boulder do Beto Ferragut Mandando o FA de um antigo projeto de São Bento, o “Navio Fantasma”. Vídeo esse e notícia que bombaram semana passada no face. Trata-se de um V14 (8B+). Dois dias depois o Felipinho colou lá e com o beta novo, repetiu o problema, que ele vinha tentando fazia anos.

E pra terminar as produções exclusivamente nacionais, ainda em São Bento, Cláudio Brisighelo mandando o “Bala na Agulha”, com participação especial do Adebas, que eu tive o prazer de conhecer quando eu estava começando a escalar, e que andava meio sumido.

Agora gringozando os vídeos, começamos com o vídeo que tipo, foi o vídeo do MÊS e tem tudo para ser o vídeo do ano, que é o Honnold solando a tal “Sendero Luminoso” um oitavo praticamente nono grau de 600m (?) com direito a passagem por regletinhos ignorantes e delicados tanto pra mão quanto para o pé. (só de descrever minha mão já ta suando). Todo mundo já viu e comentou, mas vai que vc ainda não viu né? 😉 Fica o registro histórico também aqui hahaha

Outro vídeo que causou um “pseudo-frissonzinho” semana passada foi o novo do Chris Sharma, em parceria com o Stephan Glowacz. O Chris Sharma todo mundo conhece, OK. Mas o Stephan Glowacz pra quem não sabe é o dono da Red Chilli (sapatilhas), e ganhou uma caralhada de campeonatos nas décadas de 80-90. Ele Até fez um filme chamado “Scream of Stone” em que ele interpreta um escalador que diz “Se a parede tem qualquer coisa maior que um milímetro, eu posso escala-la”. No filme ele tenta fazer a primeira ascensão do Cerro Torre, e é claro, filme Hollywoodiano, com dramas, romances, tretas. E nem é desse filme que eu vou postar aqui, mas é uma curiosidade interessante (no filme figura ninguém menos que o pai do Jack Bauer). Nesse que você vai poder conferir agora, ele e o Chris Sharma vão literalmente para o CU do mundo (um buraco) no meio de Oman abrir uma via. Não parece lá a rocha mais sólida do mundo, mas, pelo lúdico, vale assistir:

E o último episódio da série, com os dois passeando na praia de mãos dadas e passando óleo um no corpo do outro, relaxando depois de 2 semanas enfiados num buraco no meio do deserto (mas os primeiros 30s são demais!). Nesse vídeo aparece a dimensão da empreitada: 13 enfiadas e 300m de buraco acima. Eu jurava que eram duas enfiadinhas, umas 3 no máximo! Esses dois perdidos no deserto mandando ver 13 enfiadas num buraco, só os dois.. hhummm…..

Mas vamos falar de mulher? Opaaa… Alizee Dufraisse escalando em Margalef, numa de suas regiões favoritas. E babado fortíssimo! Ela que sempre foi atleta 5.10 agora é atleta Tenaya! (Marca espanhola que ultimamente tem se mostrado MUITO superior à Boreal). O Primeiro a mandar 11c a vista (9aFr) também é Atleta Tenaya. A 5.10 perdeu também a Alex Puccio pra Scarpa, que agora também conta com a Daila Ojeda, que antes era Evolv.

E Já que o assunto é as mina gringa, Paige Claasen em suas viagens de climb para angariar fundos para instituições de caridade, ongs, sei lá, enfim, primeiro na China:

E depois na Índia, mandando a única via mais linda do país, a Ganesh, via que o Gerome Pouvreau tinha aberto e mandado em outro vídeo no qual ele faz um raladinho na perna e aquela porra não cicatriza nunca mais pois o vídeo da a entender que o país é uma latrina a céu aberto (o que eu não concordo, esses gringo é que são muito fresco limpinho hahaha). Em tempo, não é a única via do país obviamente, mas nos dois únicos vídeos de escalada (não boulder) na índia, aparece a mesma via?! (Get a drill)

Indo já para os últimos, uma compilação de “vídeos” dos últimos 10 anos, pra quem já é véio nessa estrada do Climb, muitas recordações, na época que o Graham escalava com a V10 e o Sharma com a Anasazi hehehe

Na espanha existe um pico de escalada muito famoso chamado Riglos. Foi lá que a Boreal por exemplo, estreou as primeiras sapatilhas nos formatos que conhecemos hoje, e inclusive o nome do primeiro modelo era Ballet fire, onde fire não vem de fogo do inglês, mas de uma das agulhas do local. Pois no local existe uma via super mega clássica chamada Fiesta del Biceps. Pois alguns base jumpers abriram uma via em solo num prédio na espanha, e a nomearam de “fiesta del triceps”. Claro que os puliça estavam esperando-os embaixo na sequência, mas isso é outra história. Acompanhe a “escalada”:

A via Fiesta del Biceps, uma das mais famosas da espanha em riglos é basicamente sobre um conglomerado perfeito com “batatas” saltando pra fora da parede… um 7c Brasileiro de 9 enfiadas.

E finalizando deixo esse grande clássico da escalada que norteou as escaladas, comportamentos, vídeos, vias e tudo mais de muita gente. Quando vc vê alguém assoprando o magnésio dos dedos quando está escalando, é por causa desse cara, provavelmente por causa desse vídeo. “A vida na ponta dos dedos”, do grande mestre Patrick Edlinger, que se foi ano passado (ou retrasado?). Dentre todos os videos acho que esse é o mais importante e legal de todos os de hoje, pena a qualidade não estar lá grandes coisas.

Bem, vou ficando por aqui hoje, acho que já temos vídeos suficientes pra vocês passarem o final de semana bem! E tomara que não dê pra ver nenhum pois fará sol!

Boas escaladas a todos!

Bom feriado a todos!

Boas escaladas no feriado pra nós!!

Boas escaladas no feriado pra nós!!

Pois é, esse ano tem poucos feriados, e os poucos que tem cai no domingo!! Por sorte teremos este na terça então os paulishtashxxx invadirão terras mineiras para a anual peregrinação até a meca da escalada, o cipó. Outros por sua vez irão para o Rio dar um relax, passar nervoso na grande urbe (principalmente pra quem vem de uma cidade de 200mil habitantes e que vai de bicicleta pra todo lado) e nos esticões das aderências sem agarras da babilônia e da urca. Quem sabe algo mais desafiador? Hmm.. veremos 🙂

Pra quem é casado ou namora e obviamente não vai viajar no feriado, deixo aqui um comentário meu que fez o maior sucesso essa semana no face:

“…Sou super a favor do casamento gay. Eu sou é contra o casamento hetero, isso sim! Quantos amigos da escalada eu perdi por conta disso! Enquanto isso os viados dos meus amigos continuam todos escalando!…”

E vamos de vídeos pq eu tenho mais de 100 aqui acumulando!

Esse é pra quem tiver passando calor aí suar a mão… e quem tiver sofrendo no inverno saber que não está só! A via Speed, na Áustria, ou Suíça, um daqueles 11c’s que são tipo 30m de palitos de fósforos….

Pra vc que tem medinho de viver Guiar e de se aventurar sempre um pouco mais… fica a lição da Steph Davis sobre MEDO

Já que o assunto é vídeo-aula de autoajuda escalada, segue o ex mino da mina sobre o FOCO na escalada:

E se vc acha que isso é bobeira, veja o que logrou a escaladora com seu ímpeto e audácia…

E chega de lições e vamos ver um pouco de climb… Vídeo do Petzl ROctrip só que da North Face. É mais em formato de festival, todo mundo escala, tem pontuação, legal!!

E pra alguns que estão cansados dos mesmos picos… que tal variar um pouco? Diz que o pico agora tem setores na sombra e os escaladores locais não cobram mais pra vc escalar as vias deles! Como vc’s, Bocaina!

Paramos um pouco de postar vídeos de escalada pq agora eu vou postar um de boulder!! Na Pedriza, em Madrid… AProveitem pois estão regulamentando tudo por lá, e tão desequipando muitas vias, parece que tá uma zona de guerra o pico! Mas pros boulderistas tanto faz né, eles não clipam nada mesmo! hahaha

E agora um vídeo que fez meu mundo desabar. O grande mestre das escaladas em solo das grandes paredes… fazendo uma via de uma enfiada…. e SE FUDENDOOO PRA CLIPAR A PRIMEIRA COM CLIPSTICK!!!? Como assim José?! Até Tú HONNOLD Golias? Mas é um fanfarrão mesmo!

E falando em fanfarrão, e já que já foi um de boulder… vai outro: esse cara tentou fazer um vídeo diferente em Fountainebleau… terá ele conseguido ou terá sido mais um momento “Errou feio, errou rude”?

Tá, e pra acabar, como agora a moda é levar a meninona e a pitoca pra escalar, fica a dica!

Capacete sempre!

Capacete sempre!

Isso aí Galera, bom feriado a todos e Bora pra pedra escalar!!

AH! E pra quem Não for escalar e for pra Ubatuba só fazer Boulder, boas apertadas também!

Charada e uma coisinha a mais…

Anna Stohr - Austríaca que anda mandando Tuto por aí, ganhando todas as competições que participa...

Anna Stohr – Austríaca que anda mandando Tuto por aí, ganhando todas as competições que participa…

É, fazia tempo né? Todo mundo curte, eu tenho feito poucas, não prometo mais regularidade, mas criatividade sim! Vamos à charada de hoje, e logo em seguida um agradinho para vocês ilustres digníssimos leitores 🙂

Charada de nível médio!

Charada de nível médio!

E beleza, é dada a largada para ver quem acerta primeiro. Enquanto isso, não muito longe dali, estou com muitos vídeos acumulados! Mas vou colocar só um porque realmente, é O Vídeo. Até falei 2 posts atrás que o vídeo do Cláudio Brisiguelo era o mais legal dos últimos tempos… mas este, meu irmão.. este próximo vídeo vai transcender tudo o que conhecemos por vídeos de escalada. Simplesmente um salto quântico mais além dos tradicionais vídeos de boulder – Aí Cláudio, até vc vai ter que concordar comigo! hahaha . Acho que 2013 tem sido o Ano em que os vídeos de escalada acordaram para o mundo e meu amigo… se o vídeo do Akira era bom… esse aqui é outra “catiguria”. Anos luz não em ser melhor, seria como comparar uma bela pintura de Monet a um filme do Steven Spielberg, mas simplesmente anos luz do outro lado do cosmos, o qual por si só independente do lugar é lindo. Como comparar então? Não dá. Mas dá pra assistir e babar. Com vocês…. ahm… vejam vocês mesmos:

DE NADA.