Semana cheia de vídeos

Garota aleatória da postagem de hoje guiando em móvel :)

Garota aleatória da postagem de hoje guiando em móvel 🙂

Pois é, nem precisava, mas saiu tanto video legal essa semana que tava fácil fazer um post hoje!

Começando com Muriel Sarkany, que foi a terceira mulher a mandar um 9a Francês (11c Br) atrás de Josune Bereziartu e Charlote Duriff!

Esse vídeo é muito bem feito, do escalador americano abrindo uma via na Espanha, um 8c Fr se não me engano. Mostra todo o trampo de abrir a via, limpar, ver se ficou segura, coisa que tem gente que não faz quando abre via de qualquer jeito por aí.

O Vídeo da semana foi do Adam Ondra mandando a vista seu segundo e mais difícil 9a (11cBR) a vista. É, a mina se torna a terceira a mandar esse grau, e o lazarento vai e manda a vista. Só da pra assistir direto no site dos féla, então clica aqui.

E a Mammut resolveu prestar uma homenagem aos escaladores das antigas mandando seus patrocinados reescalar vias que marcaram época. Começando com a via Hayaena, e depois Action Direct, o primeiro 11c do mundo. Saca os moves de MONODEDO E BIDEDO quase no teto, e a montê. (Não é a toa que o primeiro que mandou essa via INVENTOU o Campus Board).

E esse ano a PETZL vai inovar e fazer um evento Petzl Roctrip itinerante passando por 5 países durante mais de um mês. Veja o vídeo. Uma pena que no Brasil a marca esteja tão mau representada. 😦 Os atletas Brasileiros patrocinados PETZL que o digam.

E tinha separado esse aqui a miiiil anos pra postar aqui, de um evento chamado Adidas RockStars.. será que ja rolou por aqui?

E um último, antigo, pra acabar, pq escalada na Espanha nunca sai de moda!

http://vimeo.com/28063837

(Chato pacaralho não deixou embebedar esse também!!)

 

 

Altos e Baixos

Quando eu repetir foto me avisem!

Quando eu repetir foto me avisem!

Acho que na escalada não tem um trocadilho mais óbvio que esse título, mas a bem da verdade é que se eu parar pra pensar acho que consigo achar outros. Você entenderá tudo, keep reading. Ultimamente tenho tido dias super corridos! Tenho trabalhado muito, ao ponto de ter que pisar o pé no freio e deliberadamente procurar coisas pra fazer no meu tempo livre só pra não ficar no computador mais tempo. É claro que eu já faço isso automaticamente, mas como eu não to podendo treinar tanto quanto eu gostaria, também  tento não usar o computador no meu tempo “Livre”. Primeiro porque se eu sento aqui num sabado de manhã antes de ir escalar ou num domingo de madrugada pra ler notícias, quando eu vejo estou respondendo emails de clientes, comprando ou vendendo alguma coisa ou dando manutenção no site da Quero Escalar. E aí se contar essas horas vou ultrapassar as 40 horas de trabalho semanais facilmente. Bem, por isso, (mas não só por isso) as postagens rarearam ultimamente (mas tem muito conteúdo acumulando-se!). E pra piorar o Filipe Carelli do “A outra Esquerda” também ta viajando, e logo, o outro fanfarrão do blog de lá não tem mantido-lhes suficientemente entretidos.

Semana passada foi uma semana polêmica, com muitas noticias pipocando. Pra quem não sabe, o Tito Traversa, um italianinho de 12 anos que ja havia mandado vários 10c’s (8b+fr) morreu. É, morreu. Se escafedeu. (Ele morreu ele morreu ele morreu Lombardi!! Lará laráa laráa….). E agora tem uma nova moda nos picos de escalada que é sair conferindo as “Borrachinhas” das costuras de todo mundo. Coisa que eu já fazia antes mas por pura curiosidade de conhecer o equipo alheio, não por ser alheio mas por ser diferente, agora com uma bela desculpa. Pra quem não entendeu nada, a causa mortis do guri foi ter caído no chão depois de chegar no final de uma via de 17m. Clipou a última, deve ter falado (ou não) pro Seg: “Blz to na sua retesa!” e aí veio “estourando” uma por uma as costuras até ele se esborrachar no chão. Mas como? Ao que tudo indica, depois de extensa leitura em vários topicos pela net, da pra se chegar à conclusão de que a mãe de uma amiguinha da mesma idade dele arrumou as costuras da filha. Ela, não manjando PORRA nenhuma de escalada cometeu um erro inocente, e os responsáveis na hora não conferiram as costuras. O erro? Passou a FITA da costura pela borrachinha que a mantém no lugar, e a borrachinha pelo mosquetão dando a impressão de que a fita estava presa ao mesmo. Foda. Fica a dica, e fica o aprendizado. Com certeza esse acidente salvou a vida de uma GALEEERA que nem sabia que a borrachinha não aguentava 2 toneladas (ela aguenta tipo umas gramas apenas, é o mesmo que um elastiquinho de dinheiro). E agora todo mundo vai ficar esperto com os equipos alheios (espero). Foda!

Esse aí é o vilão, porém, montado do jeito CERTO

Esse aí é o vilão, porém, montado do jeito CERTO

Vi todos os blogs copiando e reproduzindo a foto (abaixo) da costura, mas quase nenhum site falou sobre o String (detalhe técnico referente ao acidente), então resolvi colocar um pouco de informação extra, que nunca é demais. Dê uma olhada no “PETZL EXPERIENCE” com as fotos de “MODUS ERRANDI” de usar seu string (a borrachinha chama String). Ah, e antes que vc pense: “…Nunca mais vou usar essa porra”…, não seja bobo. Ela é muito útil, e sua presença pode lhe garantir mais segurança do que prejudica-la, uma vez que garante agilidade nas clipadas, mantem o mosquetão no lugar e protege a fita bem no mosquetão de arestas cortantes. É só ficar esperto e praticar o seu uso correto.

Costura no modus operandi ERRADO igual ao do acidente

Costura no modus operandi ERRADO igual ao do acidente

O String serve pra manter o mosquetão orientado na posição correta.

O String serve pra manter o mosquetão orientado na posição correta.

Independente do tipo, cuidado pois sozinho ele não faz nada!

Independente do tipo, cuidado pois sozinho ele não faz nada!

Esse é dificil de visualizar, fique esperto e confira sempre!!

Esse é dificil de visualizar, fique esperto e confira sempre!!

Porquê não se deve utilizar dois Strings numa costura

Porquê não se deve utilizar dois Strings numa costura

A Petzl também recomenda que não se use String em Fitas longas. Eu uso mesmo assim, mas fico BEEEM esperto pois sei que isso pode acontecer!

A Petzl também recomenda que não se use String em Fitas longas. Eu uso mesmo assim, mas fico BEEEM esperto pois sei que isso pode acontecer!(você sabia?)

Bem, e chega de falar disso. E como ja foi um baixo, vamos falar de um alto agora. Semana passada BOMBOU na internet as fotos do Chris Sharma e da Daila Ojeda num ensaio fotográfico Desnudos (y borachos). Eles fizeram as fotos para uma série de fotos pra ESPN americana mostrando os corpos de atletas famosos como jogadores de basquete e snowboardistas. Foi com certeza o ponto alto da semana para os escaladores, que não precisaram lixar seus calos antes de ir treinar durante toda a semana. Fica aqui o link para o ensaio completo, e deixo um teaser… ;P Mas não vai esperando muito não que é só uma fotinho de cada e mais uma com os dois juntos.

Vc acha que eu não ia falar sobre isso aqui no Blog?

Vc acha que eu não ia falar sobre isso aqui no Blog?

E agora vamos para outro ponto baixo da semana passada, que foi a Polêmica da corda Rompida na Pedra do Elefante em Andradas. Você viu?! Eu como revendedor seria muito féla se não falasse nada a respeito! Vamos aos fatos:

Corda Beal Yuji 10mm

Corda Beal Yuji 10mm

Primeiro sobre a corda: É uma Yuji, de 10mm da marca BEAL. Segundo o fabricante, é uma corda com menos capa que as outras, e logo, “mais Eco-friendly” (minha rola). A Beal diz que ela é para todos os usos, só fiquem espertos que a durabilidade é menor que as outras, principalmente abrasão e sujeira. Dito isso, muitos sites internacionais a classificam como uma corda pra “Ginásio”. Mas não pro Ginásio comprar e deixar lá pra milhares de pessoas moerem-na diariamente. É para vc que treina na academia 1 ou 2x por semana ter a sua de meia com seu parça, escalar, guiar, cair, moer e trocar depois de um tempo. Uma corda barata e comoda pra se voar, porém, num ambiente controlado de academia, que nao tem problema de arestas, quinas nem nada.

Aí veio um brother do GEEU com uma dessa que ele comprou na gringa, e desce um parceiro dele de Baldinho numa virada de teto num dos granitos mais lazarentos que eu já vi, o de Andradas. Não bastasse o simples correr da corda pra baixo e atritar natural com a virada do teto entre a corda e o granito, tal virada era diagonal, e alem do movimento para baixo em Y, também rolou um pouco de movimento para o lado, em X. E a corda ficou igual a da foto (é a da foto na verdade). O que sucedeu foi que ele entrou em contato com a Beal e a Beal meio que tirou o corpo fora: “..Só damos garantia contra defeitos de fabricação!”… O dono da corda ainda alegou que ja tinha feito isso ali com outra corda (descer de baldinho). Só que foi justamente com uma das cordas mais duráveis, caras, e melhores que existem: uma Sterling. Aí fica dificil comparar!

Moral da História: Agora tão fazendo umas cordinhas mais “suaves” e baratas, (Tipo a negresco que custa a mesma coisa que antes mas tem a metade do diâmetro), só que com qualidade menor. Pros Calcáreos franceses deve ser lindo mesmo, é quase uma pedra sabão, mas pros granitões cheio de cristaizinhos fdp’s de Andradas realmente é de se preocupar. De qualquer maneira serviu ao mesmo propósito do caso Tito Traversa: Agora ja ta todo mundo ligado que essa corda não é uma Sterling e que se for comprar tem que usar direito e não pode abusar muito! Eu particularmente não teria problema em ter e usar uma, principalmente pq é melhor ter uma dessa do que não ter nenhuma, e muitas vezes o preço é um fator limitante na escolha da compra de uma corda. No brasil não são 20, 30, 50 reais de diferença, as vezes são 300, 400 reais de custo brasil a mais pela outra. E aí fica dificil competir com mercado paralelo! Ainda mais pro escalador esporádico que vai pro setor 2,5 de Itaqueri a cada 2 meses, essa corda tá boa demais! 😉

Sabe o que o Alex Megos fez quando mandou o primeiro 11c a vista? Tirou uma ONDRA! huauhahuauha

Sabe o que o Alex Megos fez quando mandou o primeiro 11c a vista? Tirou uma ONDRA! huauhahuauha

Ponto alto: Adam ondra manda seu primeiro 11c a vista (9a Fr). Ninguém falou nada! kkkkk Coitado, só pq ele tava lá no intento, aí veio um muleque (que deve ter surtado com as fotos da Daila – ou do Chris Sharma – No ten nada demás!) chamado Alex Megos e manda primeiro que ele o primeiro 9a da história. Mas não tira o mérito. Mesmo pq o Adam ondra tinha mandado uns 15 11b a vista e decotado uns 4 ou 5 11c’s pra 11a ou 11b! E dessa vez ele falou que é 9a mesmo, não o mais dificil, mas ainda assim 9a. E deve ser mesmo pq já não tem a pressão de mandar pq não vai ser o primeiro mesmo.

E como no final de semana teremos presenças Ilustres em Itaqueri, conheça mais o Raphael Nishimura: um dos escaladores mais badalados do momento:

E Por hoje chega, porque eu sei que se pusesse muita coisa ninguém ia ler mesmo! hahaha

 

Vídeos para animar seu dia dos pais…

Olá senhores, como vai a família, as crianças? Hoje estou inspirado e amanha é dia de climb. Dia dos pais em casa? Bem, para alguns pode ser uma realidade sórdida. Passar um domingo ouvindo o cunhado contar vantagem, ver a tarde cair e você apenas ficando mais e mais gordo com os quitutes da sua sogra. Enquanto isso, não muito longe dali tem gente que  (voz de atendende de telemarketing: estar verificando, estar retornando a ligação, estar recebendo em sua casa) vai estar escalando mooooito. (e tem gente que vai estar roubando chapeletas e mosquetões de algum pico por aí, BITCH!) De qualquer maneira, para você que está aí criando coragem pra sair de casa e ir pra casa da sua sogra almoçar assim como um boi que caminha pelo corredor do abatedouro (o qual, provavelmente, você irá comer daqui a pouco) , eu fiz este post totalmente pensando em você. E para começá-lo eu gostaria de começar com uma coisa que ta todo mundo cansado de ouvir eu dizer, mas que vale a pena ser dita novamente:

“…O empenho em analisar o julgamento imparcial das eventualidades causa impacto indireto na reavaliação do investimento em treinamento e técnica tanto no âmbito setorial da escalada quanto no cotidiano. É, contudo, míster que se progrida progressivamente numa sucessão de eventos que enfileirados de maneira corriqueira, alcancem retroalimentativamente os próprios objetivos que inicialmente deram origem aos fundamentos, práticas e necessidades que desencadearam toda essa série de eventos a fim de propiciar uma análise interpretativa dos resultados, que, quando comparados com o estado inicial, gerarem uma curva de crescimento cuja derivada possua polinômio quadrado, ou, no mínimo, constante…”

Acho uma verdade muito justa essa frase, e para provar que o que eu estou falando é verdade, vou colocar alguns vídeos que exemplificam bem tudo isto que eu estou falando aí em cima, começando com:

Provavelmente o melhor vídeo de hoje. Um vídeo realmente tocante, com uma excelente fotografia, excelente trilha sonora, mas o principal: sem nenhum patrocínio esse vídeo consegue ser um dos melhores vídeos de escalada do ano, pois, ao contrário de muitos outros (em que vc quase dorme enquanto assiste) , esse vídeo tem um coração, uma ALMA. Mostra um cara que não aguenta viver na cidade: Mora no deserto em seu trailer todo fudido, que ele comprou por 800 dolares, (e que hoje nao vale nem um dolar segundo ele hahaha) e vive escalando ali em Utah, nas fendas mais perfeitas (coisas que os seres humanos não conseguem ser – exceto um) da face da terra. Exemplo de humildade (humildade viu?) e vida simples. Pena que pessoas que não conseguem viver em sociedade nem respeitar o próximo não fazem o mesmo… igual uma árvore… e FOLHA!*

*Piada interna

Seguindo a linha sentimental, com Timmy O’neil, esse vídeo é velho, mas não vi em lista nenhuma, e com certeza, para encher os vossos corações, vos coloco aqui. Warning: Muito sentimentalismo e pouca escalada, mas como é o Timmy O’neil, vale a pena.

Finalmente um vídeo de escalada de fato. Se você acha que escalada de verdade é um bando de barbudo com calça furada fazendo artificiais em yosemite, livrando grandes projetos que antes eram feitos em artificial, fritando a borracha da sapatilha nas aderências ou entalando as mãos em vias que não tem agarras e nem chapas, bem, você pode até estar certo, (então você é um preconceituoso do caralho, porra) mas com certeza esses caras que fazem isso respeitam as pessoas ao redor delas pelo que elas são, e por isso, são respeitadas. Por outro lado, esse vídeo é de uma via com chapas, com agarras, de inclinação negativa, de um cara com cabelo cortado, barba feita e levemente patrocinado. E sem nenhum furo na calça! Tão divertido quanto a outra face da MESMA moeda. Apesar de ter gente que acha que isso nao importa porque pensam que a moeda é deles… Enfim, com vocês, a mesma via que filmam a Sasha digiulian (agora vc se interessou né xibungo!? haha) escalando com uma GRUA (vulgo guindaste para os moípes e dilséxicos). Bom que ele vai narrando a trajetória e a via. Se você entendeu que a Sasha vai usando a Grua de alguma maneira durante a escalada, você tem probleminha! kkkkkk

Agora, se você gostou da voada no final do vídeo anterior, então esses 2 vídeos são como o filme sobre a Paixão de Cristo e sua continuação: Se você gostou do primeiro, VAI AMAR O PRÓXIMO… (tudun… TSS!). Estrelado por  Edu Marin (esse filme de escalada, não a paixão de Cristo 2), escalador espanhol mais fodido dos ultimos tempos: primeiro pego no antidoping, depois pego com uma tendinite fudida (e depois pego com uma prostituta gorda colombiana no banheiro de uma borracharia no subúrbio de barcelona – Eu aumento…) agora está de volta, pego com vários erros de continuidade absurdos. O Primeiro é que ele aparece colocando 40 costuras no rack da cadeirinha, que provavelmente ele acabou de tirar a etiqueta, e na hora de começar a escalar só tem 2… mas aí muda a câmera e não tem mais nenhuma… Aí muda outra vez e tem 2 de novo, e assim vai, a via inteira alternando. O Foda é que na via não tem nenhuma das costuras que ele pôs no rack (As ANGE, wiregate da petzl, que sao controversas, por sinal, em breve review), até aí eu concordo com vc achar que eu sou muito crítico e talz, mas o fato é que realmente estaria tudo bem (eu mesmo já fiz edição de video que debaixo neguin (vulgo eu) vai equipando e de cima a via ja ta equipada, blz) se no vídeo não tivesse PROCLAMANDO aos 4 ventos que a cadena é a vista. Certeza que alguns xiitas vão dizer que escalada esportiva é isso, é grau, é 8a.nu e que é tudo uma merda e que ta tudo errado. Para esses eu digo apenas uma palavra: TERAPIA.  Bastava apenas não ter posto o take dele colocando as costuras no rack. Detalhe para o jeito MEDONHO do pai do Edu (o qual começou a escalar com 40 anos e manda 10b ou c) dar seg pra ele, de grigri, de maneira totalmente errada (eu não matei ngm até hj, matei?) Mas o vídeo é bom, a cadena é massa! Mas será que ele nao teria mandado a via outro dia e esse dia foi só pro filminho? Puts, eu duvido, pq se for, o Edu é mto ator… veja o final do filme… Ah! E boa voada! Outra coisa importante ressaltar é que eu não devia ter falado nem 10% sobre esse vídeo, mas é que hoje, apesar de ninguem ter notado, estou meio inspirado.

www.vimeo.com/45444770

E já que a palavra do dia é respeito, esse vídeo mostra um cara livrando vias em Frankenjura (pico alemão tradicionalmente conhecido por suas vias esportivas, por Wolfgang gullich, O CARA que mandou o primeiro 10c, 11a e 11b que na verdade depois foi aumentado pra 11c, action directe, neste mesmo pico) que antes eram feitas com chapas, agora inteiramente em móvel. Uma modalidade da escalada totalmente válida, principalmente quando feita com respeito à comunidade local, mantendo as chapas que já estão lá, sem tirá-las depois da cadena, como uma forma de respeito às gerações passadas e futuras, afinal, se você quer mandar uma via que tem chapas usando apenas proteções móveis, você tem todo o direito e ninguém vem te impedir, portanto, não impeça outras pessoas de escalar uma via cujas chapas já estão lá desde muito antes de você começar a escalar!

E mudando de assunto, todo mundo sabe que eu sou fã da Scarpa (marca de sapatilha PÔ!?) mas que eles não são tão populares quanto a La Sportiva ou a 5.10, e a razão é muito simples: Quando chega uma Scarpa na loja, ela não dura uma semana e acabou, vendeu tudo. E aí a Scarpa fábrica não dá conta de suprir a demanda, é foda! Nem precisam fazer propaganda desse jeito, calçadas no pé elas se vendem sozinhas. Esse vídeo é um dos poucos materias promocionais da Scarpa na Internet, e ficou bem feitinho! Legal, pra uma pessoa como eu viciada em escalada que curte até o processo de fabricação dos equipamentos.

Esse é o melhor vídeo de treino do ano e o mais comentado da semana: Mostra o Sean McColl e seu treininho. Esse é o cara que aparece naquele vídeo que eu postei outro dia fazendo a Dreamcatcher SEM sexo, sangue, suor lágrimas e gritaria, e pelo treino vc entende porque. Quando, ao final do vídeo do treino, que deve durar uns quarenta minutos vc ja tá: CARAAAAALHO maluco, se pá eu consigo fazer 1/4 disso aí se eu treinar muito… aí ele vira e fala: Então é isso pessoal! Aí eu dou um relax, descanso 10-15minutos e começo de novo. WHAT??? GETTOUTA HEREEEEE BIATCH!!!! Foda né. Marião, esse treino aí é pra vc fazer tambem viu!? hahah Tensão corporal galera, a gente vê la na garagem! Senti minha escalada subir uns 3 graus depois que comecei a treinar quase toda semana tensao corporal esse ano… só que perto do que ele faz, é a mesma comparação de uma pessoa que mora numa kitnet vai da sala para a cozinha (quando tem né) com um maratonista hahaha Watch and learn!

Bom, pra terminar, esse que também foi falado e não visto pelo Gui:

Os caras fodas do climb: Yuji Hiraiama, Alex Honnold, Cedar Wright, todos fazendo boulder no Chile, falando bem do Brasil (Cachaça, caipirinha, Samba, Carnaval, Mulata!) mas o detalhe: todos com o Boné de Mano da North face de aba reta.. é.. a moda! A roupa Larga ainda ta semi-justificada pelo frio, já as cuecas de fora… kkkkkk Saudades do Spandex!

E chega! Bom almoço de dia dos pais, que ja devem ta te esperando na rua com o carro ligado, ou com a mesa posta pra vc ir comer… 😉