Lançamentos de equipamentos 2015!!

Post mais agradável de escrever do ano talvez hehe

Post mais agradável de escrever do ano talvez hehe

Todo ano na Alemanha tem uma feira onde as marcas de escalada do mundo inteiro lançam as novidades para o ano seguinte. É a OutDoor Friedrichshafen e um dia quem sabe aquela feirinha de carro de Madame, Rapel e tirolesa que tem em São Paulo todo ano consiga se aproximar dessa. Bem, e voltando à feira original alemã, quais às novidades? O Que mais me chamou a atenção foram os Aliens, menores e mais leves, e o novo freio da DMM e o novo megajul, o Jul, para cordas simples. A Desnível espanhola tem feito uma cobertura bem completa do evento, mas vou simplesmente ignorar as novidades de roupas que pra nossa realidade não interessam e focar só nos nossos sonhos de consumo que são os equipamentos de escalada mesmo.  Então, xupizando as fotos deles, vamos lá:

Aleatoriamente, vamos começar pelas cadeirinhas. Nenhuma novidade estonteante, mais do mesmo com algumas marcas simplesmente entrando para a categoria de minimamente aceitáveis como é o caso da Beal e da Camp que não despontaram ainda com cadeirinhas tão sensacionais quanto as da Edelrid ou Arc´teryx, que por terem as melhores cadeirinhas do mercado ha mais de 2 anos, nem colocaram como “novidades” suas cadeirinhas esse ano.

No campo mosquetões, nada muito inovador, a Beal “comprou” a idéia daqueles mosquetões esquisitos que precisa de 32h de treinamento pra poder abrir e fechar da Grivel, e lançou sob seu nome. A Camp reinventa o Nano 23 que vira 22 e fica mais achatadinho. A DMM oferece uma costura de arame (wiregate) extraleve, sem nariz e que custa um rim cada uma (como tudo da DMM né?). Mas quem não quer vender um rim pra ter essas costuras? Tem 2 mesmo!

No ramo das sapatilhas, nenhuma grande sensação como foi a futura e o sistema no Edge. A Five ten lança mais do mesmo com uma nova sapatilha. A La Sportiva lança uma versão de cadarço de suas sapatilhas com sistema no Edge (com as já conhecidas Speedster e Futura) que chama-se Genius. A Scarpa lança mais um sonho de consumo chamada Furia. E deixa todo mundo na fúria pra comprar mais uma Scarpa. Além da Boostix, da Instinct de velcro, da Feroce, da nova Stix… Assim fica dificil né Scarpa!? E eu aqui só com a Instinct de Cadarço e Slipper :/. Teve também algumas novidades pela five ten na parte dos tenis de aproximação com novas cores para o Guide tennie e pro Camp4, e um tenis novo só pra isso. E o Babado do momento é que a Rock Pillars, uma das melhores marcas de Sapatilha da Europa Junto com Laspo e Scarpa deixou de existir! Mas calma, eles não faliram porque são ruins, são tão bons que foram comprados pela já famigerada OCUN da República Tcheca e agora operam sob seu nome, com algumas mudanças em cor de alguns modelos mas nada estrutural; Ufa, você ainda pode ter a sua Ozone ou a Pearl. 😉

E pra encerrar, o hardware que faltava: Freios e agregados. A Edelrid revoluciona mais uma vez melhorando o que já era bom e cria um MegaJul para os esportivistas de plantão, o JUL2 para corda simples. A Camp lança um freiozinho parecido com um Grigrizinho, e a DMM lança novos atc´s e um deles com partes móveis muito esquisitos parecendo uma arma alienígena, mas interessante. Ainda não entendi como funciona apesar de ter no site e no manual 2014 da DMM. Os Friends para colocações pequenas Aliens são reinventados, modernizados e minimizados. Lançam fitas para os ladrões como eu que colocam costurinha e costurão em uma chapa pra duplicar a proteção em crux de vias (confesso que ja tinha pensado porque ninguém tinha pensado nisso antes rsrs). A Evolv lança um esparadrapo sem cola, e a Edelrid mais uma vez inova com uma cordinha de 6mm (da grossura de um cordim) ideal pra quem faz parede e quer rapelar o comprimento total da corda sem ter que levar duas cordas. Também para pequenos acessos, içar pequenas cargas, enfim.

Nossa, fiquei com a mão coçando! Pena que nem metade dessas belezinhas vão chegar por aqui, e quando chegarem vão ser uma piada pronta né? Bem, tomara que role trazer uns Jul2 desses no próximo conteiner da Edelrid pra vocês a preços acessíveis!(tomara que chegue o primeiro conteiner kkkkk)  E a Scarpa hein… ❤ ❤

Saudades?

Singela foto-decoração de hoje, nos lembrando que um dia lá fora, fez sol, apesar de fazer 5 dias que não para de chover!

Singela foto-decoração de hoje, nos lembrando que um dia lá fora fez sol, apesar de fazer 5 dias que não para de chover!

Vocês estavam esperando né?! Pois é, eu sei… ando meio sumido. A verdade é que eu nunca trabalhei tanto na minha vida quanto nessas duas ultimas semanas. E parece que não vai diminuir. Na verdade comentei com a Isa que se eu fosse fazer tudo de uma vez o que eu tenho pra fazer, ficaria umas 3 semanas sem dormir nem comer só trabalhando. Mas também não posso me queixar não… Quando biquei aquele trampo de engenheiro, eu pensava que se era pra trabalhar 12 horas por dia, que fosse com uma coisa que desse tesão (Não, eu não virei ator pornô infelizmente) então cá estou eu fazendo “multitasking”. Só a escalada prática em si que está meio devagar mas já estou correndo atrás dessa parte pra não ter mais lesões, voltar com tudo bla bla bla… Deixando o Mimimi de lado, vamos ao que interessa:

Não, não será polêmica dessa vez, se bem que não tem nada demais dar uma alfinetada aqui outra ali. Separei uns videos quem ao longo de 3 semanas eu fui conseguindo assistir na hora do almoço e janta. Vamos a eles:

Começando com Urko Carmona e a lição da semana: pra vc que fica Shimotando que não consegue escalar por isso, por aquilo, que ta com mimimi, que ta trabalhando demais kkkkk…

Continua de Mimimi? Uma lenda (Americando é cheio de “Endeuzar” os caras né? Pq o cara é mais foda que o mais foda dos fodas.. bla bla bla… kkkkk) Mas enfim, uma lenda americana escalando nas Dolomitas, que segundo ele, era um dos ultimos lugares onde ele nao tinha escalado ainda. Nem reparem nas costuras invertidas nas chapas ou na corda passada toda de qualquer jeito no ATC, ele merece um crédito.

E falando em jeito americano… Puts, eu não sei se falo bem ou mal do próximo vídeo. Uma competição entre sapatilhas que tinha tudo pra ser muito bom, mas tem umas “tonterias” no meio que fica foda ver até o final. Ou americano é muito estúpido com umas richinhas bestas nada a ver (TIPO: Contra toda aquela premissa básica da escalada de não haver competição e de sempre estarmos num ambiente agradável onde todo mundo da a vibe da cadena e talz) o que eu não acho que seja o caso, (não os que escalam) ou o roteiro do filme tentou fazer alguma coisa diferente mas ” Errou feio Errou rude “. O fato é que uma hora vc vai ver seus coleguinhas falando deste video e é melhor que vc tenha visto pra poder falar mal também.

E já que estamos metendo o pau falando nos americanos, Aquela mina que tinha ido pra África do sul tentar juntar 10.000 dolares pra doar pruma instituição de caridade (mas tipo, isso não é o que ela tinha gasto em passagem e hotel? kkkkk) agora aparece na Itália para ajudar as crianças carentes e famintas da Itália. Pois claro, ali elas passam muito mais fome que na Somália ou no Brasil, lógico. Ano que vem o Teletom vai ser lá e teremos um programa chamado Bambino Esperanza! Hahaha Mas ela escala uma via fortinha de 11a esportiva, e num exemplar caso de superação, manda uma via de várias cordadas – e guiando ainda, ó hein?! – de 6º grau!! Com vocês, Paige Claysen.

Agora, uma que tem meu total respeito é a Caroline Ciavaldini, Atleta Edelrid, que junto com seu mino James Pearson, andam fazendo (E livrando) umas vias de 10 cordadas de décimo grau lá pra zoropa, inclusive na Itália. Neste vídeo, eles estão na Turquia, não estão mandando nada muito forte, mas eles são o casal simpatia da rodada (isso se o Greg da Fabi não se zangar com o James Pearson).

http://www.epictv.com/media/podcast/climbing-in-mythical-meteora-w-james-pearson-and-caroline-ciavaldini-%7C-turkey-and-trimmings-ep-1-/257234

Tá, eu sei, o vídeo acima nao carregou, vc vai ter que ir na pagina alheia. Paciência. Não gosto muito desse EpicTV pq me parece um pouco sensacionalista, tentando fazer com a escalada aquelas coisas que nós não gostamos de ver na TV com o futebol. Whatever.

E pra compensar a menininha que eu falei tão “bem”  ali eli cima, que tal uma mina um pouco mais experiente, não muito famosa, mas escalando tranquilamente. Detalhe para o contraste e as cores. Ótimas roupas! Parece até que o vídeo foi encomendado por uma marca de… Roupas. Video bonito, simples, como deve ser.

E no final mas não por último, um espanhol muito simpático mandando um 11c na Espanha, em Cuenca, aquele que o Adam Ondra quase mandou a vista e perdeu a oportunidade de ser o primeiro a mandar 11c a vista. Detalhe para a palhaçada no final 🙂

E pra acabar, este que foi o mais agraciado filme da mostra de cinema de montanha do Rio algumas semanas atrás: Uma conquista feminina no Espírito Santo. Amigo imaginário tem boa fotografia, bom roteiro, muito bom!

E chega, “xô voltar”  aos meus afazeres aqui! O Livro/Guia do Cuscuzeiro ta ficando animal, vc´s não perdem por esperar!!

 

As charadas estão de volta! (mas os vídeos continuam)

Quem se lembra delas? Depois de, um ano atrás, o Gui mandar uma charada tão difícil que quebrou a banca… Ninguém acertou, eu não faço a menor idéia do que seja… hoje me senti inspirado a fazer mais duas charadas. Uma bem fácil, só pelo lúdico pra motivar a galera, e logo outra um pouco menos fácil, porém ainda assim quinto grau de charada hahaha Para quem quiser se remotivar com a charada que já está ha aproximadamente 48 semanas entre os 10 problemas sem solução da matemática moderna, repito-a:

Essa é a versão que ele me passou, “fácil”… let’s just think outside of the box….

E agora que vc lembrou, vamos às duas de hoje, primeiro a fácil:

3 segundos pra dar a resposta…

E agora a menos fácil:

O retorno das charadas 🙂

Muito bem! Tempooooo…. hehehe Não vou nem dar dica, se eu disser quem não vale adivinhar, os outros já adivinharão por ligação..

Mas claro que nem só de charadas vivemos os escaladores, também vamos dar uma olhada em alguns vídeos que pipocaram na net essa semana. Começando com esse comparativo entre a personalidade de duas escaladoras. Todo mundo sabe que eu sou fã da Sasha Digiulian, mas de agora em diante ela caiu três posições, ficando atrás da Alizée Dufraisse, que subiu duas posições, da Melissa Le neve, que aparece pela primeira vez no Ranking. Nina Caprez ganha uma posição e Ruth Planells (quem?) que antes figurava sempre alternando as primeiras e segundas posições, cai 4 posições, e, quem sobe uma posição também no Ranking é uma escaladora Brasileira que tem um muro lá em Igatu com seu nome, mas que vou manter sua identidade em segrego por motivos de segurança e intimidade.

Enfim, tudo isso mais uma vez pra dizer que este vídeo da 5.10 com a equipe treinando para o Adidas RockStars (5.10 que por acaso é da Adidas, diga-se de passagem) mostra as meninas trocando idéia depois do treino, e aí a sasha comenta que não curte muito rock (e cai 4 posições) fazendo com que a Melissa entre no top-5. Soma-se a isto o segundo vídeo, mas primeiro, veja o das meninas da 5.10 team se preparando para o Adidas Rockstars:

E aí vc termina de assistir o vídeo e fala: RIHANA ,Sasha? Rihana??? Aí vc vê a diferença Brutal de culturas entre as escaladoras, esta americana, e a outra francesa: Alizeé Dufraisse, que sobe para a primeira posição do Ranking, principalmente depois que ela fala da trajetória de sua vida, e que aprendeu russo pq ela curte muito as obras de dostoiewsky. Que toca piano e que curte ouvir Musica clássica quando está escalando. Puts… Os mano Pira nas escaladora intelectual hahahaa

E já que o assunto são as francesas, nada melhor que a receita do sucesso para suas cadenas com o Chef Francês: “Gibarrê”

Continuando com as dicas dos grandes mestres, aproveito e coloco o último vídeo que saiu com as dicas do Chris Sharma, que sempre é bem popular nas buscas e da bastante pageviews hahahaa

E partindo um pouco para outra vertente, aí um garoto em Squamish Solando uma das clássicas do pico, um tetão chamado Zombie Roof… toda a história, durante o filme:

Você lembra da Bermudeirinha? Pois é, para quem está curioso para vê-la em ação aqui um vídeo dividido em três etapas. Um pouco monótono porém interessante pois mostra o Dani Andrada, O Magnus Mitdboe (nem tenho aquela letra esquisita no meu teclado pra escrever o nome do maluco) e o Ethan Ruffles malhando um dozimo chamado Eye of Odin na caverna de Flatanger, na Noruega, que é Basicamente o Passavinte gringo, só que com a galera tendo contado com o apoio da cidade e do governo federal para organizar um evento que ajudou na abertura e equipagem de várias vias no pico.  Eu preciso ser mais específico e dizer isso tudo eu me refiro é lá na Noruega, e não no Brasil? Enfim… O Magnus aparece usando a Bermudeirinha no seu pegue pra mandar a via (não conseguiuuuoooooo) e quem acaba mandando o FA  é o Ruffles no final. Confira:

Vou terminar colocando um videozinho que tenta explicar e justificar a polêmica do Cerro Torre e a retirada dos trocentos bolts da escadinha de bolts do Maestri, e porquê teoricamente não foi uma coisa tão ruim assim… vai entender… Belas imagens, muito bem contadas as histórias das 3 únicas vias de acesso ao cume do torre por meios considerados “justos, ou honestos” por isso valeu a pena ver o vídeo, porém não justifica muita coisa, é bem unilateral mostrando só um ponto de vista no que se refere à retirada, nem considerando, mencionando nem citando o outro ponto de vista: de que tenha sido ruim a retirada. Qual é o certo qual o errado? Vai de cada um, mas um video pra ser bom a gente espera que no mínimo seja imparcial. #faleimemo

Bom, e chega né!? Não esqueça que tem 3 charadas pra vc resolver hoje!

Bjo!

========UPDATE=========

Esqueci de colocar o vídeo mais importante do dia hahahaha O Novo episódio da THE SANDSTONE SERIES, com o Genja (vulgo eu), escalando a via Barranco noveá na invernada…