Eu vim pra São Thomé…

Fotos sequenciais em São Tomé com os Locais!

Fotos sequenciais em São Tomé com os Locais!

E na véspera de Natal casou a viagem com a vontade de escalar. A Júlia me convidou e eu convidei o Cleber. Como já estava todo mundo indo embora eu fui me vendo ficando sem parceria de viagem de climb de fim de ano. Agarrei a oportunidade e fui. 3 dias em São Thomé das letras, cidade que não conhecia. A-hu! Fomos a Ju, o Cléber, o CV, dono da maior Academia de Escalada de Piracicaba , e eu. Desta vez não vou contar milimetricamente todos os detalhes e cadenas, porque tiramos muitas fotos. Vou resumir apenas que choveu só nos fins de tarde e deu pra escalar muito mais do que a previsão do tempo garantia. Até arriscamos fazer boulder no primeiro dia, mas o meu negócio é via mesmo, clipar umas mosquetões – ô que gostoso! – então focamos mais nisso. O Cleber que vem treinando e mostrando boa evolução no Climb, guiou pela primeira vez, e tomou sua primeira voada!

Demos risada demais e o Beto pra variar sempre presente, principalmente quando passamos por 3 corações e ele sempre conta a história do Pelé e do Traveco. Virou até um blues esta história heheheh Visitamos a pirâmide, que fica no final de uma piramba, a pirâmbide (tu-dun-tsss). Comemos a melhor pizza top five entre as 5 mais do Universo segundo o CV. “Muito loco esse lugar hein?” Reiterava o Cléber.  Ah, e antes que eu me esqueça… avisem onde tem poça! hahahaha (tipo, imagina 4 pessoas subindo uma piramba no escuro, breu total, aí uma vira e fala: “Avisa onde tem poça d´água!” Tipo, como vamos avisar se não estamos vendo um palmo diante de nossos narizes? hahaha

A Rocha é muito boa, mas parece que vai quebrar o tempo todo (mas não quebra!), o estilo é o de negativos e tetos com agarrões e patacos. Média de 10 a 15m por via. Muitas vias poderiam ter as paradas melhoradas, mas isso é questão de estilo desta escola. 🙂 Ah, e da pra abrir muuuuita via ainda, especialmente nos setores que já tem vias que eu visitei (os setores 1 e 2 do croqui, se não me engano – aquele que tem o ET). Vale a visita, mas mais que isso, vale vir conversar com os locais pois se for do interesse da comunidade local vira muito trazer a metranca pq tem muitas linhas óbvias ainda não chapeletadas!

Enfim, com vc´s, fotos de São Tomé das Letras;

Ta, as anteriores não são todas do primeiro dia, mas eu resolvi deixar assim pra facilitar a categorização das categorias categoricamente categorizidas:

E beleza, as fotos do último dia, com uma das clássicas do pico: a “De ré pra trás”  que mesmo chovendo fiz questão de entrar pela indicação do Carelli, da Outra Esquerda.

E foi isso! Se pá no Reveion tem mais em outro pico alucinervous por aí! Boas festas a todos, boa escalada e bom descanso!

3 pensamentos sobre “Eu vim pra São Thomé…

Deixe uma resposta para Bruno Marcondes Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s