Campeonato Caipira 2013 – Etapa Campinas

A torcida vibra a cada pé na mão!

A torcida vibra a cada pé na mão!

E continuando a série de posts sobre atitude positiva: O que foi esse campeonato caipira etapa campinas?! Quem não foi perdeu uma grande festa que começou sábado de manhã e só foi acabar no domingo a tarde. A escalada no Brasil pode estar no começo, ter suas falhas (Como poucos picos de escalada para – agora sim já ta até dando pra dizer – muita gente, ou gente que começa a escalar e bate no peito com orgulho dizendo que nunca fez um curso de escalada), mas sem dúvida nenhuma podemos dizer a escalada Brasileira tem PERSONALIDADE. E foi isso que a gente viu, o grande reflexo da comunidade escaladora brasileira no sábado em Campinas, lá no muro do GEEU. Todo mundo trocando idéia de boa. É como se você chegasse num lugar, não conhecesse ninguém, mas só porque todo mundo escala, já viram BFF melhores amigos! Muita animação, risada e escalada rolou sob o pano de fundo de uma competição que movimentou a comunidade escaladora interiorana, no que hoje é O MAIOR CAMPEONATO DE ESCALADA do estado de São Paulo (O que não é muito difícil quando se é o único, diga-se). Não vi os números oficiais, aliás, GEEUenses, aguardo número para divulgar aqui, de inscritos e colocações! Nas minhas contas tinha quase 40 participantes, tipo a Etapa em Sanca em novembro passado!

O São Carlos Pression Team foi bem representado pelas categorias de base e pelos fanfarrões do Master, que foram só pelo rolê e pra fazer social. Ta, ok, eu fui pra fazer social e dar rolê, pois o Beto e o Gui Quase que ganham a parada, não fossem as estrelas nacionais competindo de igual pra igual! As meninas também não fizeram feio, e eis que a caravana era composta por:

Thierry – O menino lobo que só come frutas e está conquistando o coração de todo mundo com seu bom humor e carisma, e acabou ficando em primeiro no iniciante, com 2 meses de escalada (sim, ele escalou pela primeira vez em 6 de abril deste mesmo ano).

Breno – Outro que vem se esforçando bastante e não decepcionou o time (ao contrário deste que vos fala) em sua categoria!

Mari – A menina criada com a avó no Apartamento mandou muito bem, matou a gente de orgulho e mostrou que a classe dos Nerds também tem vez na escalada (na verdade Mari, nós somos a maioria! 😉 ), tendo garantido um lugar no pódio com o terceiro lugar! E agora Mari? Próxima etapa vai ter que ir guiando hein? ;P

Bia – A Bia decidiu de última hora dar um balão na aula de sábado e partir com o time representar no campeonato!

Bia na Segunda via...

Bia na Segunda via…

Isa – A atual primeira dama do CUME também competiu na categoria feminino Não-iniciante (é que só tinha duas, iniciante e intermediário, mas eu chamaria de Master!)

Guilherme – O Mr. Escalada a vista fez bonito com sua escalada técnica cheio de graça e tirou vários aplausos da torcida (principalmente das meninas Cheerleaders do SCPT da Bia)

Beto – Betão saiu mostrando técnica e força misturadas numa fórmula que por pouco não garantiu lugar no pódio do Master! Foi mais uma vítima da agarra “Duna”, grande vilã que derrubou praticamente todos os finalistas já na saída da via da final… :/

Genjão – Até seria um fiasco se houvesse a remota possibilidade de um desempenho. A real é que teria sido mais feio não competir do que cair na primeira agarra da primeira via! O importante é estar dando risada com a galera dos próprios erros e tomar tudo como aprendizado! Mesmo voltando da lesão número 28, eu que nem ia competir, acabei de última hora contagiado por toda aquela vibe empolgante da galera.  Deixei as minhas expectativas nulas de lado e resolvi sentir o friozinho na barriga de escalar com a platéia, e, apesar de nem ter saído do chão por causa de uma bobagem qualquer – que garantiu comentários de quem assistia se eu não estaria equivocado competindo na categoria errada)- acabei escalando um pouco mais na segunda via do master, e, com um gritinho no melhor estilo Chris Sharma vergonha-alheia isso sim, encerrei minha participação nesta etapa do campeonato.

E também destaque para as Cheerleaders Marta e Marina(ã0)que foram só para assistir, torcer e jogar cascas de banana e tomates nos concorrentes, e passar maionese nas agarras aquela vibe esperta. Certeza que foram para tietar as sub-celebridades do Climb Brasileiro isso sim!

De noite ainda rolou baladinha, tava muito massa mas estavamos muito cansados e logo nos evadimos do local, ainda que a contragosto, pois já não estavamos aguentando ficar acordados: nos despertamos aquele dia as 6 da manhã, ficamos no sol, competimos e fizemos social o dia inteiro. Ficamos na casa do Lukinha, que mostrou uma puta hospitalidade ímpar, típica do Brasileiro, valeu mano! Mi casa su casa! Aliás, essa coisa de união de toda a galera é um pouco raro la fora (mas parece que eles estão aprendendo com a gente), parece que é mais coisa de brasileiro e é por isso que os gringos gostam tanto de vir pro Brasil escalar! O melhor de subir as preda tudo aqui no Brasil, é a galera embaixo!? Será exagero? Bem, não seria a primeira vez, mas também não é lá muito inverdade. Na verdade acho que é a soma dos dois fatores! Tipo quando a Bianca fala no Blog dela que muitas de suas cadenas se devem em parte por conta da vibe d@s amig@s, acho que tem muito disso na escalada! E no domingo ainda rolou um Climb na pedreira, foi bem massa, tava toda a galera que sempre encontramos no cuscuzeiro e Itaqueri, pessoal de Rio Claro, Hortolândia, Piracicaba e claro, Campinas. Deu pra socializar, nos passaram os betas das vias, foi apoteótico!

A Equipe Quero Escalar na concentração do Campeonato Caipira!

A Equipe Quero Escalar na concentração do Campeonato Caipira!

O que importa é a Vibe positiva que rola sempre nesses encontros, que a galera da escalada emana e que é muito legal, praticamente uma seleção natural: Quem não tem a vibe nem começa a escalar pq não ta na sintonia…. Portanto se vc tem a vibe boa, vem pro Climb vc também! 🙂

E é isso aí galera, daqui a pouco o vídeo que eu fiz com as celebridades durante o evento!

5 pensamentos sobre “Campeonato Caipira 2013 – Etapa Campinas

  1. O campeonato estava sensacional! A organização, a camaradagem, o social, a parede de boulder, ah, e a escalada também!rs
    Competir é sempre divertido, aprendemos com os erros, subimos com a vibe, nos ensina a não desistir tão fácil afinal vc só terá 1 chance de escalar aquela via.
    Podíamos esperar a etapa São Carlos ne? hehehheh

    • Não queria admitir publicamente mas fui sabotado! O Beto passou maionese no pézinho pra eu escorregar! kkkkkkk #SQN ( Fica a dica pra vc sacanear um amigo seu um dia. Passe maionese num abaolado no meio de um boulder e diga pra ele entrar a vista pra ver se ele manda de primeira. Só cuidado que um dia ele pode se vingar kkkkkk)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s