Serra do Cipó (jagube?) – Parte 1

Eu na "O dia que a terra parou"

Como parte da peregrinação que todo escalador deve fazer uma vez ao ano, fomos para a serra do Cipó escalar no feriado de novembro. Porém, esse ano, por conta do trabalho, foi possível ficar só 5 dias. E encarar 11 horas de carro de volta para minha terra. É o preço que pagamos, com muito gosto, para se escalar no lugar mais tradicional e clássico do Brasil. Em segundo lugar, Cuscuzeiro, e terceiro..hmm.. vejamos… Estou entre Rio de Janeiro, Curitiba (São luís do Purunã), São Bento do Sapucaí e a Caverninha, aqui em Sanca. As fotos não foram muitas, das poucas, a maioria não ficou boa, mas deu pra se aproveitar algumas. Tem até capa de revista 😉

Naná voando na primeira parte da "Lamúrias de um Viciado"

Raul na "O dia que a terra parou"

Naná fazendo força...

No final da primeira parte da Lamúrias...

 

Raul e Naná na o dia que a terra parou e lamurias de um viciado, respectivamente...

 

E chega de fotos por hoje… amanha eu ponho o resto, que estou editando e fazendo montagens ludicas 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s